Posts Tagged ‘Teatro das Beiras’

Julho no Pátio da Inquisição: Clube de Leitura e Teatro ao ar livre

Segunda-feira, Julho 2nd, 2018

Com o edifício fechado para obras de conservação, a programação de Julho do Teatro da Cerca de São Bernardo, em Coimbra, acontece “fora de portas”: o Clube de Leitura Teatral visita as novas instalações da Cena Lusófona e o Teatro das Beiras anima o Pátio da Inquisição, com diversão garantida.

cartaz TCSB 201807

JORGE PALINHOS NO CLUBE DE LEITURA
Na última sessão da temporada do Clube de Leitura Teatral e ainda no âmbito do ciclo dedicado à dramaturgia portuguesa contemporânea, A Escola da Noite e o TAGV convidam o escritor Jorge Palinhos, que escolheu as peças “Tebas de Mil Portas” e “O caminho das Pedras”.
A apresentação da leitura terá lugar na sala polivalente da Cena Lusófona, no Pátio da Inquisição, no dia 3 de Julho (terça-feira), às 18h30, com entrada gratuita.
Jorge Palinhos tem escrito e trabalhado em teatro desde 2003, tendo várias das suas peças sido apresentadas e premiadas nacional e internacionalmente. Foi co-fundador da companhia Terra na Boca, onde coordenou os projetos Ar das Palavras e Teatro Imediato. É editor da revista Drama, colaborador da Revista Nua e membro da comissão científica da revista Persona. Tem também colaborado com as publicações Sinais de Cena, Bang, P3, Grande Porto e Porto24. É ainda autor de guiões de curtas-metragens e de contos publicados em revistas e antologias. Entre as suas peças publicadas contam-se Auto da Razão, Lunário (Poema Polifónico), Parking, Cassandra e D’Abalada. Uma antologia de peças suas será publicada em breve pela Imprensa da Universidade de Coimbra.
Actualmente é membro da direcção da Plateia e está a desenvolver uma tese sobre dramaturgia contemporânea com bolsa da FCT.

TEATRO DAS BEIRAS NO PÁTIO DA INQUISIÇÃO
Dando continuidade ao que já se tornou uma tradição, A Escola da Noite volta a organizar um espectáculo ao ar livre no Pátio da Inquisição. Desta vez, é o Teatro das Beiras, da Covilhã, que traz a Coimbra a sua mais recente e divertida criação: “Do princípio ao fim”, com textos de Eduardo De Filippo e encenação de Gil Salgueiro Nave.
Uma companhia de actores caídos em desgraça espera ansiosamente “uma ajudazinha” das autoridades locais para impedir o trágico fim que se anuncia. Fazendo jus às suas multidisciplinares capacidades artísticas, o grupo organiza uma récita onde se sucedem números musicais, folhetins radiofónicos, cinematógrafo e, claro, o drama, a farsa e a comédia trágica de um quotidiano vivido nos limites do surreal. Na farsa “Perigosamente”, bem ao estilo do popular teatro de bonecos, o habitual bastão com que se castigam as impertinências domésticas é substituído por um revólver que sistematicamente falha o alvo, por milagre ou por manifesta falta de pontaria. Em “Amizade”, um homem em delírio e à beira da morte confessa a um amigo de longa data as infidelidades cometidas ao longo da sua extravagante relação.
O italiano Eduardo De Filippo (1900-1984) foi actor, dramaturgo e encenador das suas próprias obras. Testemunhou todas as contradições sociais e artísticas do seu tempo e acompanhou o advento da massificação dos meios de comunicação – a rádio, o cinematógrafo e a televisão – escrevendo textos e guiões para todos eles.
O Teatro das Beiras adianta que “Do princípio ao fim” propõe “uma leitura contemporânea e actualizada da obra de De Filippo – um teatro eminentemente social, de humor desconcertante, às vezes trágico e grotesco, que insinua uma mistura de desencanto e simultaneamente de esperança e expectativa na humanidade, capaz de impulsionar o homem a resistir às adversidades e a continuar lutando pelos valores de dignidade que lhe são devidos”.
Com entrada livre e pensado para maiores de 6 anos, o espectáculo no Pátio da Inquisição está marcado para 19 de Julho, quinta-feira, às 22h00.

Coimbra, Teatro da Cerca de São Bernardo
Programação de Julho de 2018

LEITURA
“Tebas de Mil Portas” + “O caminho das Pedras”
dir. Jorge Palinhos
Clube de Leitura Teatral
3 de Julho de 2018
Terça-feira, 18h30
60′ > entrada gratuita
co-organização: TAGV / A Escola da Noite
apoio: Cena Lusófona

TEATRO AO AR LIVRE
Do Princípio ao Fim
de Eduardo De Filippo
pelo Teatro das Beiras
19 de Julho de 2018
Quinta-feira, 22h00
Pátio da Inquisição
M/6 > 70′ > Entrada livre

informações:
239 718 238 / 966 302 488 / geral@aescoladanoite.pt

noite boa na baixa de Coimbra

Sexta-feira, Setembro 6th, 2013

cartazfarsasweb_450

 

A baixa de Coimbra está animada nestas noites que ainda são de Verão.

Hoje oferecemos-lhe teatro ao ar livre, com as “Farsas per musica”, de Goldoni, pelo Teatro das Beiras (21h30).

E há mais coisas por aqui perto. No Salão Brazil, por exemplo, tocam os Tape Junk (22h30).

Venha ter connosco!

Farsas per musica

Terça-feira, Setembro 3rd, 2013

Esta sexta-feira volta a haver teatro no Pátio da Inquisição:

“Farsas per musica”, de Goldoni, pelo Teatro das Beiras, às 21h30, com entrada livre.

Teatro das Beiras traz “Farsas per musica” ao Pátio da Inquisição

Sexta-feira, Agosto 30th, 2013

A temporada 2013-2014 do TCSB começa com uma proposta para o ar livre. O Teatro das Beiras traz ao Pátio da Inquisição, na próxima sexta-feira, 6 de Setembro, o espectáculo “Farsas per Musica”, de Goldoni. A sessão está marcada para as 21h30 e tem entrada gratuita.

cartazfarsasweb_450

Organizado a partir de duas farsas do célebre autor italiano – “Il Matrimónio Discorde” e “La Cantarina”, o espectáculo tem encenação de Gil Salgueiro Nave, director artístico do Teatro das Beiras, e música de Helder Gonçalves.
Concebido para itinerância (“um teatro de estrado e ar livre”, afirma a companhia da Covilhã), ele faz uma “citação contemporânea do teatro barroco, marcado por uma destacada intervenção musical inspirada na tradição do teatro musical burlesco”.
“Amores, ciúmes, seduções, dinheiro e fingimentos” são os temas centrais destas comédias, escritas numa época em que o teatro estava “prestes a deixar cair as máscaras tipo da comédia dell’arte para dar lugar a personagens com traços de caráter realista e rosto humano, anunciadores de mudanças sociais que chegariam com a Revolução Francesa”. Aqui se vê, por exemplo, “a aristocracia em decadência e a burguesia em ascensão disputando no palco os seus privilégios materiais e éticas morais num tom burlesco e poético capaz de provocar o olhar curioso e complacente do espectador do nosso tempo”, escreve ainda o Teatro das Beiras.
Carlo Goldoni (1707-1793) é uma referência do teatro europeu do século XVIII. Foi um dos responsáveis pela “reforma” do teatro italiano e influenciou profundamente o gosto e a prática teatral do seu tempo. Este é o terceiro espectáculo de Goldoni apresentado pelo Teatro das Beiras, depois de “Uma das últimas tardes de Carnaval“ (2003) e “Molière” (2007).
O regresso do Teatro das Beiras a Coimbra ocorre uma vez mais no âmbito da Culturbe – Braga, Coimbra e Évora, uma rede de programação financiada pelo QREN, liderada pel’A Escola da Noite, que envolve ainda o Theatro Circo e o Teatro Garcia de Resende, daquelas duas cidades.

“Farsas per música”
de Carlo Goldoni
pelo Teatro das Beiras
6 de Setembro
sexta-feira, 21h30
PÁTIO DA INQUISIÇÃO

encenação Gil Salgueiro Nave tradução Luís Nogueira cenografia e figurinos Luís Mouro música Helder Gonçalves interpretação Fernando Landeira, Pedro da Silva, Rui Raposo Costa, Sara Gabriel e Sónia Botelho desenho de luz Jay Collin produção Teatro das Beiras

M/12 > 60′ > entrada gratuita
espectáculo no âmbito da Rede Culturbe – Braga, Coimbra e Évora

5 anos de TCSB: Festival das Companhias

Domingo, Julho 14th, 2013

festcomp

Entre 22 e 27 de Junho, o TCSB e o Pátio da Inquisição acolheram a quarta edição do Festival das Companhias: a ACTA, o Cendrev, a Companhia de Teatro de Braga, o Teatro das Beiras e o Teatro do Montemuro juntaram-se a A Escola da Noite em Coimbra ao longo de uma semana para uma grande festa do teatro.

O programa incluiu seis espectáculos, debates, conversas com o público e uma feira do livro.

Organizado na sequência das iniciativas da Plataforma das Companhias (que continua a reunir estas seis companhias), o Festival fez igualmente parte do programa Culturbe – rede que junta o TCSB, o Theatro Circo de Braga e o Teatro Garcia de Resende (Évora).

 

5 anos de TCSB [2008 – 2013]

ver série completa