Archive for the ‘público escolar’ Category

“Embarcação do Inferno” regressa ao TCSB em Novembro

Segunda-feira, Setembro 9th, 2019
(foto: Paulo Nuno SIlva)

A Escola da Noite e o Cendrev apresentam em Coimbra, entre 8 e 15 de Novembro, uma nova temporada para o público escolar do espectáculo “Embarcação do Inferno”, de Gil Vicente. Estreado em Outubro de 2016, o espectáculo já foi visto por mais de 14 mil pessoas, em várias cidades do país.

Com um elenco composto por intérpretes das duas companhias e co-encenação de António Augusto Barros e José Russo, o espectáculo assinala os 500 anos da primeira apresentação e da primeira edição do mais célebre texto de Gil Vicente (e obra maior da Idade Média europeia), também conhecido como “Auto da Barca do Inferno”. Aquele que já é um dos espectáculos mais apresentados e mais vistos na história d’A Escola da Noite (140 sessões, mais de 14 mil espectadores) cumpre a sua quarta temporada em Coimbra, depois de ter passado por Évora, Coimbra, Campo Benfeito, Bragança, Aveiro, Viana do Castelo, Caldas da Rainha, Barreiro, Figueira da Foz, Castelo Branco, Porto, Leiria, Braga, Ponta Delgada e Sobral de Monte Agraço.

O Cendrev e A Escola da Noite mantêm a vontade de celebrar com o público este momento fundador do Teatro português, afirmando que Gil Vicente não é “apenas” o nosso maior dramaturgo, mas também uma das figuras cimeiras da nossa literatura e da nossa cultura. Respeitando a versão integral do texto, tal como foi fixada por Paulo Quintela em meados do século XX, esta criação desafia os espectadores a confrontarem-se com tudo o que a peça continua a ter para nos oferecer, cinco séculos depois. José Augusto Cardoso Bernardes, consultor científico do projecto, destaca a este respeito: “pela mão qualificada, segura e inventiva da Escola da Noite e do Centro Dramático de Évora, ficamos em condições de problematizar temas de sempre: Morte e Vida, Mal e Bem, Ter e Poder. E, para tal, nem sequer precisamos de sair completamente do século XXI. Com os pés assentes no nosso tempo, bastará alongar o ouvido e apurar a visão para escutar a sensibilidade e a moral de um outro tempo que, afinal, não está ainda tão afastado de nós como pode parecer” – escreveu o professor universitário para o programa do espectáculo.

Nesta nova temporada para o público escolar de Coimbra e da Região, “Embarcação do Inferno” poderá ser vista no Teatro da Cerca de São Bernardo entre 8 e 15 de Novembro, de terça a sexta-feira, às 11h00 ou às 15h00. Como é habitual nas sessões para escolas que organiza no TCSB, é necessário efectuar marcação prévia, o que já pode ser feito através dos contactos do Teatro: 239 718 238 / 966 302 488 / geral@aescoladanoite.pt. Os bilhetes custam 3 Euros por aluno, sendo que os professores acompanhantes e alunos abrangidos pelo escalão A da ASE têm entrada gratuita.
No final de cada sessão, há sempre espaço para uma conversa entre o público e as equipas artísticas do espectáculo ou até para uma visita guiada ao Teatro. A Escola da Noite disponibiliza ainda, a todas as escolas que o solicitem, um conjunto de materiais que podem ser úteis na preparação da vinda ao teatro com os alunos.

Para além das sessões para o público escolar, estão ainda agendadas duas sessões para o público em geral, nos dias 9 e 10 de Novembro – sábado às 21h30 e domingo às 16h00.

Embarcação do Inferno
de Gil Vicente
co-produção A Escola da Noite / Cendrev
8 a 15 de Novembro de 2019
terça a sexta-feira, 11h00 e 15h00
M/12 > 60′

preços:
3,00 € / aluno
(entrada gratuita para professores acompanhantes e alunos abrangidos pelo Escalão A da ASE)

informações e reservas:
239 718 238 / 966 302 488 / geral@aescoladanoite.pt

Hoje no TCSB: “História Breve da Lua” (sessão para escolas)

Sexta-feira, Dezembro 7th, 2018

HistoriaBrevedaLua_01

O CENDREV – Centro Dramático de Évora apresenta esta tarde (15h00), no TCSB, o espectáculo “História Breve da Lua”, de António Gedeão. A sessão de hoje é para o público escolar, mas amanhã de manhã (11h00) é para toda a família, no âmbito dos “Sábados para a Infância”.

Faça-nos companhia!

TEATRO
História Breve da Lua
de António Gedeão
Centro Dramático de Évora
8 de Dezembro de 2018
Sábado, 11h00
M/3 > 45′
Preços: 10 € (adulto+criança); 6 € (bilhete individual)
[Sábados para a Infância no TCSB]
sessão para o público escolar:
7 de Dezembro de 2018
Sexta-feira, 15h00

informações e reservas:
239 718 238 / 966 302 488 / geral@aescoladanoite.pt

Hoje no TCSB: duas sessões de “O Autómato”, pelo Teatro do Noroeste

Quinta-feira, Novembro 29th, 2018

cartaz_Fotor

O Teatro do Noroeste – Centro Dramático de Viana apresenta hoje, no TCSB, duas sessões do espectáculo “O Autómato”. Direccionadas para jardins de infância e escolas do 1º ciclo do ensino básico, as sessões têm lugar às 10h30 e às 15h00.

TEATRO
O Autómato
Teatro do Noroeste – Centro Dramático de Viana
29 de Novembro de 2018
Quinta-feira, 10h30 e 15h00
(mediante marcação prévia)
M/3 > 45′
Preço: 3 €

informações e reservas:
239 718 238 / 966 302 488 / geral@aescoladanoite.pt

José Bernardes em Braga, a propósito de “Embarcação do Inferno”: “A literatura serve para aprofundar o Mundo”

Quarta-feira, Novembro 21st, 2018

O professor catedrático da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra José Bernardes proferiu esta terça-feira em Braga, na Biblioteca Lúcio Craveiro da Silva, a conferência “Gil Vicente no seu tempo e no nosso tempo”. A iniciativa abriu o programa do projecto “Embarcação do Inferno” na cidade, que se prolonga até sexta-feira e inclui quatro sessões do espectáculo, no Theatro Circo.

José Bernardes na Biblioteca Lúcio Craveiro da Silva, em Braga (21/11/2018)

José Bernardes na Biblioteca Lúcio Craveiro da Silva, em Braga (20/11/2018)

José Bernardes é consultor científico do projecto “Embarcação do Inferno”, desenvolvido em co-produção pelo Centro Dramático de Évora e pel’A Escola da Noite – Grupo de Teatro de Coimbra, assinalando os 500 anos do mais célebre texto de Gil Vicente, também conhecido como “Auto da Barca do Inferno”.
Na palestra, que quis dedicar ao Professor Vitor Aguiar e Silva, presente na sala, José Bernardes lembrou o “interesse documental” da peça sobre a sociedade portuguesa do século XVI – “mais enquanto caricatura do que como retrato” – mas salientou a possibilidade de “ir mais longe” no estudo e na fruição da obra.
Para isso, é necessário resistir à “pulsão anacrónica” e convidar os leitores e os espectadores dos nossos dias a viajar no tempo e a perceber alguns dos aspectos essenciais que nos separam da época em que Gil Vicente escreveu. A “familiaridade com a morte”, a “crença generalizada no julgamento post-mortem”, as ideias de “justiça plena” e “verdade clara” que só a morte permitiria alcançar e a “inversão entre a figura do espectro e a figura da pessoa” foram alguns dos pontos que quis destacar. “Na Barca – afirmou – as pessoas estão mortas mas não sabem: são espectros ainda e é por isso que não se salvam”.
Dando uma atenção particular às estratégias que poderão ajudar no ensino dos textos vicentinos aos jovens de hoje, Bernardes referiu-se em pormenor a duas das personagens “que mais dificuldades causam aos alunos”: o Judeu e os Cavaleiros. Falando sempre na necessidade de evitar os anacronismos, o investigador acredita, contudo, que “muito do que é dito [no Auto da Barca do Inferno] tem aplicação no século XXI”. É um “texto denso”, capaz de deixar “sementes de reflexão”, de nos ajudar a interpelar, a decifrar e a descrever o mundo em que vivemos. Uma obra, enfim, capaz de nos dar o melhor que a literatura tem para nos oferecer: “A literatura serve para aprofundar o Mundo”, concluiu.

José Bernardes na Biblioteca Lúcio Craveiro da Silva, em Braga (21/11/2018)

José Bernardes na Biblioteca Lúcio Craveiro da Silva, em Braga (20/11/2018)

Embarcação do Inferno
Desenvolvido em co-produção por duas das companhias portuguesas que mais aprofundadamente têm trabalhado e dado a conhecer a obra de Gil Vicente – A Escola da Noite, de Coimbra, e o Centro Dramático de Évora –, o projecto “Embarcação do Inferno”, centrado no espectáculo com encenação de António Augusto Barros e José Russo, teve início em Outubro de 2016 e inclui sessões para o público em geral, sessões para escolas, o ciclo de conferências “Gil Vicente no seu tempo e no nosso tempo” e oficinas para professores. Conta já com mais de 120 apresentações e mais de 13 mil espectadores. Para além de Coimbra e Évora, passou já por uma dezena de outras localidades nacionais: Campo Benfeito, Bragança, Aveiro, Viana do Castelo, Caldas da Rainha, Barreiro, Figueira da Foz, Castelo Branco, Porto e Leiria. O espectáculo está agora em Braga, onde pode ser visto na próxima sexta-feira, 23 de Novembro, pelas 21h30, no Theatro Circo. As sessões para escolas têm lugar no dia 22 de Novembro (às 10h00 e às 15h00) e no dia 23 (às 15h00).
Os bilhetes para o espectáculo custam 10 Euros e podem ser adquiridos online ou na bilheteira do Theatro Circo.

A Escola da Noite em digressão
EMBARCAÇÃO DO INFERNO
de Gil Vicente
A Escola da Noite / Cendrev

BRAGA
Theatro Circo
23 de Novembro de 2018
sexta-feira, 21h30
Sessões para escolas:
22 e 23 de Novembro de 2018
quinta-feira, 10h00 e 15h00; sexta-feira, 15h00

informações e reservas:
253 203 800 / theatrocirco@theatrocirco.com

Hoje no TCSB: últimas sessões para escolas da “Embarcação do Inferno”

Sexta-feira, Novembro 16th, 2018

20181114_01

Termina hoje a temporada para escolas em Coimbra de “Embarcação do Inferno”. Amanhã à noite e no domingo à tarde apresentamos duas sessões para o público em geral.

Venha ver ou rever este espectáculo. Faça-nos companhia!

TEATRO
Embarcação do Inferno
de Gil Vicente
A Escola da Noite / Cendrev
17 e 18 de Novembro de 2018
sábado, 21h30; domingo, 16h00
M/12 > 60′> 6 a 10 €
sessões para escolas:
9 a 16 de Novembro
terça a sexta-feira, 11h00 e 15h00

informações e reservas:
239 718 238 / 966 302 488 / geral@aescoladanoite.pt