“Amor de Dom Perlimplim com Belisa em seu jardim”, de Federico García Lorca | CENDREV

Dom Perlimplim é o homem menos cornudo do mundo. A sua imaginação adormecida desperta com o tremendo engano de sua mulher; mas ele logo a seguir põe os cornos a todas as mulheres que existem.
O que me interessou em Dom Perlimplim foi sublinhar o contraste entre o lírico e o grotesco e ainda misturá-los a cada momento. A obra equilibra-se sobre música, como uma operazinha de câmara. Todos os breves entreatos estão ligados por sonatilhas de Scarlatti, e constantemente, o diálogo é entrecortado por acordes e fundos musicais. Isto é tudo por agora (…)

Federico Garcia Lorca. El Sol, Madrid, 5 de Abril, 1935

TEATRO
Amor de Dom Perlimplim com Belisa em seu jardim
de Federico García Lorca
CENDREV
8 de Setembro de 2022
quinta-feira, 21h30
Pátio do Centro de Artes Visuais
> M/12 > 60 min > entrada gratuita

informações e reservas:
239 718 238 / 966 302 488 / geral@aescoladanoite.pt

texto Federico Garcia Lorca tradução Eugénio de Andrade interpretação Ana Dias, Jorge Baião, Maria Marrafa encenação e dramaturgia José Russo cenografia, figurinos e adereços Filipa Malva direcção musical e banda sonora Hugo Monteiro desenho de luz António Rebocho operação luz Fabrisio Canifa operação de som Ivo Luz contrarregra e figuração Beatriz Sousa confecção de figurinos Adozinda Cunha, Eliana Valentine construção de cenografia Hélder Cavaca apoio nas pinturas Bernardo Bagulho direcção técnica António Rebocho direcção de produção Claúdia Silvano produção executiva e direção de cena Beatriz Sousa comunicação Carolina Lecoq desenho gráfico Alexandra Mariano

Cendrev – Centro Dramático de Évora
Fundado em 1975, o Cendrev constitui um verdadeiro centro de acção teatral onde se cruzam diversas áreas e componentes da vida do teatro. A prática sistemática e continuada que tem desenvolvido ao longo dos anos configura não só a clara vocação de serviço público do seu projecto como tem constituído um importante factor de animação do processo de desenvolvimento cultural da região. Esta prática continuada de trabalho implicou também a constituição de redes de contactos e parcerias com inúmeros criadores e instituições no plano nacional e internacional, contribuindo activamente para a valorização dos projectos artísticos da companhia e para o alargamento do espaço de intervenção das actividades que realiza. O Cendrev tem sido também um laboratório de onde têm saído dezenas de profissionais que foram criando novos projectos teatrais no Alentejo ou integrando outras estruturas profissionais um pouco por todo o país. O grupo assume-se como um projecto da cidade voltado prioritariamente para a região e, a partir daí, intervindo no país e no estrangeiro. É companhia residente do Teatro Garcia de Resende, um dos mais belos teatros históricos do país.

Comments are closed.