“Amor de Dom Pelimplim” hoje no TCSB

“Amor de Dom Perlimplim com Belisa em seu jardim”, pelo CENDREV (foto © Carolina Lecoq)

O espectáculo “Amor de Dom Pelimplim com Belisa em Seu Jardim”, de Federico García Lorca, produção do Cendrev, é apresentado hoje na sala do TCSB, com entrada gratuita, às 21h30. Ao contrário do anunciado, e devido às condições meteorológicas a sessão terá lugar no Teatro e não no Pátio do Centro de Artes Visuais.

O Cendrev regressa esta semana a Coimbra, com a sua mais recente produção: “Amor de Dom Perlimplim com Belisa em Seu Jardim”, um dos mais emblemáticos textos do autor espanhol Federico García Lorca.
O espectáculo tem encenação de José Russo e conta com cenografia, figurinos e adereços de Filipa Malva, artista cujo trabalho o público de Coimbra conhece bem, graças às colaborações regulares que tem mantido com diversas estruturas e projectos de Coimbra, com destaque para o Teatrão. A interpretação está a cargo de Ana Dias, Jorge Baião e Maria Marrafa.

“Amor de Dom Perlimplim com Belisa em Seu Jardim”, peça que A Escola da Noite apresentou em 2002, assinalando a passagem do seu decímo aniversário, é uma das mais conhecidas peças do poeta e dramaturgo espanhol Federico García Lorca, aqui numa belíssima tradução feita por Eugénio de Andrade. A célebre história do velho que se apaixona por uma jovem e que por esta é enganado, decidindo vingar-se, é um hino à imaginação, ao amor e à poesia. Sublinhando o contraste e a mistura “entre o lírico e o grotesco”, o próprio García Lorca escreveu sobre esta sua obra, em 1935 (um ano antes de ser assassinado pelos fascistas espanhóis): “Dom Perlimplim é o homem menos cornudo do mundo. A sua imaginação adormecida desperta com o tremendo engano de sua mulher; mas ele logo a seguir põe os cornos a todas as mulheres que existem. (…) A obra equilibra-se sobre música, como uma operazinha de câmara. Todos os breves entreatos estão ligados por sonatilhas de Scarlatti e constantemente o diálogo é entrecortado por acordes e fundos musicais.”
A encenação proposta pelo Cendrev mantém-se fiel aos aspectos formais propostos pelo autor e é um espectáculo para todas as idades. Lamentavelmente, as condições meteorológicas obrigam a alterar o local de apresentação em Coimbra que estava programado. Em vez de ser ao ar livre, no Pátio do Centro de Artes Visuais, o espectáculo será apresentado na sala principal do TCSB. Mantém-se a hora anunciada (21h30) e a entrada gratuita, sendo possível efectuar reserva pelos contactos do Teatro: 239 718 238 / 966 302 488 / geral@aescoladanoite.pt.

Leave a Reply

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.