TCSB suspende programação até 3 de Abril

A Escola da Noite decidiu suspender todos os espectáculos e outros eventos abertos ao público agendados para o Teatro da Cerca de São Bernardo, em Coimbra, entre hoje e o dia 3 de Abril, inclusive. As iniciativas previstas serão, dentro do possível, reagendadas para datas a anunciar posteriormente.

A decisão foi tomada tendo em conta as orientações da Direcção-Geral da Saúde quanto à contenção da epidemia do Coronavírus e a decisão da Câmara Municipal de Coimbra, anunciada ontem ao final da tarde, de encerrar ao público as instalações e os equipamentos municipais culturais e desportivos. Foi considerada, em particular, a Orientação da DGS n.º 7/2020, de 10 de Março, que estabelece recomendações relativas à realização de eventos públicos.
No caso concreto do Teatro da Cerca de São Bernardo, são adiados a estreia e a temporada do espectáculo da Marionet “A Revolução dos Corpos Celestes”; o debate “Habitar, circular, fruir: Que Baixa queremos para a cidade?”, organizado pela Agência para a Promoção da Baixa de Coimbra; a sessão de cinema e debate “Representações, reparações, restituições – projecção do documentário ‘Palimpsest of the Africa Museum’”, organizado pelo Núcleo Antirracista de Coimbra; o concerto “Outros Sinais: um tributo à poesia de António Arnaut”, promovido pela Câmara Municipal de Coimbra e pela Amazing Arts.
Em articulação com os artistas e entidades promotoras, A Escola da Noite procurará reagendar todas estas iniciativas para datas a anunciar posteriormente.
As pessoas que já tiverem adquirido os bilhetes podem solicitar a devolução do dinheiro na bilheteira do Teatro da Cerca de São Bernardo ou, remotamente, pelos contactos habituais do Teatro: 239 718 238 / 966 302 488 / geral@aescoladanoite.pt.
A Escola da Noite lamenta profundamente as consequências desta decisão, em particular para os seus companheiros da Marionet, que vêem suspensa, no próprio dia da estreia, a possibilidade de apresentar ao público o resultado do seu mais recente trabalho, cuja construção acompanhámos de perto.
Na expectativa de que a difícil situação que atravessamos seja ultrapassada o mais rapidamente possível, partilhamos com a DGS a ideia de que o cancelamento ou adiamento de eventos públicos “não deve ser encarado com alarmismo, mas sim com a prudência e a responsabilidade que a todos se exige neste momento”.

A Escola da Noite
Coimbra, 12 de Março de 2020

Leave a Reply

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.