Sofia Lobo fala sobre o regresso aos palcos d’A Escola da Noite

A actriz Sofia Lobo, encenadora de “Desmesura”, de Hélia Correia, e que actualmente dirige “Do sexo da mulher como campo de batalha na Guerra da Bósnia”, de Matéi Visniec, foi recentemente entrevistada pelo blogue da Rede de Estudos sobre a Recepção dos Clássicos (Classical Reception Studies Network), coordenada pela Open University (Reino Unido).
Sofia Lobo explica os efeitos da pandemia de Covid-19 sobre a actividade d’A Escola da Noite e a forma como o grupo procurou organizar-se para poder continuar a trabalhar e reflecte sobre o que se pode esperar dos próximos tempos, apesar de todas as incertezas que se mantêm.
A entrevista a Sofia Lobo integra uma série de depoimentos de artistas teatrais dos países de língua portuguesa, recolhidos por uma equipa que reúne investigadoras de Portugal e do Brasil: Maria de Fátima Silva e Susana Marques Pereira (Universidade de Coimbra) e Tereza Virgínia Ribeiro Barbosa (Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte).
Entre os depoimentos já disponibilizados ao público estão os de Anita Mosca (actriz, dramaturga e encenadora italiana que actualmente dirige a “Trupe de Tradução e Encenação de Teatro Antigo” (Belo Horizonte, MG); Antonio Edson, actor do Grupo Galpão (também sediado em Belo Horizonte); e Carlos J. Pessoa, director artístico do Teatro da Garagem e professor na Escola Superior de Teatro e Cinema de Lisboa (Portugal).

Tags: , ,

Leave a Reply

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.