Estágios de formação teatral para actores – Técnica da Máscara | FILIPE CRAWFORD

A Técnica da Máscara é um sistema de aprendizagem da arte de representar onde a utilização da máscara dita um conjunto de leis e regras, criando uma metodologia concreta ao serviço do actor. Inspirando-se na herança ocidental do teatro grego antigo e da Commedia dell’Arte, a Técnica da Máscara tem na sua origem o trabalho desenvolvido por alguns encenadores e pedagogos de teatro do século XX, como Jacques Copeau e Jacques Lecqoc, em França, ou Giorgio Strehler em Itália, que foram responsáveis pela recuperação do teatro de máscaras, tendo desenvolvido e apurado uma técnica para o actor que conta hoje em dia com vários seguidores em todo o mundo.
Em Portugal, iniciei o ensino do trabalho de máscaras em 1987, tendo formado a Companhia Meia Preta, especializada na Técnica da Máscara e responsável por vários projectos teatrais nesta área. Em 1996, fundei a FC Produções Teatrais, que continuou a aprofundar o trabalho de máscaras desde então, em particular com a constituição da Escola da Máscara, que realizou Cursos Anuais no Teatro Casa da Comédia entre 2000 e 2012.
Sou responsável também pela introdução desta técnica de trabalho para a formação do actor nas principais escolas de Arte Dramática do País, do Conservatório à E.S.M.A.E., passando pelas diversas escolas profissionais de teatro, associações e grupos universitários, tendo o meu trabalho sido continuado em alguns casos por discípulos meus. Os meus workshops de Técnica da Máscara foram também realizados em países de expressão lusófona, como o Brasil, São Tomé, Guiné Bissau, Cabo Verde e Moçambique e também noutros países Europeus, como Itália e Espanha.
Para poder corresponder melhor a pedidos de diversos actores interessados nestas formações, concebi um sistema de estágios intensivos que possibilitam uma abordagem progressiva da Técnica da Máscara. São quatro estágios de 12 horas cada, divididos por quatro fins de semana, divididos por temáticas diferentes e sucessivas.

Filipe Crawford

PROGRAMA

Iniciação à Técnica da Máscara
5 e 6 de Outubro de 2024
sábado e domingo, 10h30-13h30 / 15h00-18h00

Pequeno historial da Técnica da Máscara e sua fundamentação teórica; regras e leis da metodologia; jogo de coros (jogo do círculo); exercícios de contracena e de concentração; introdução à mímica e pantomima; introdução à improvisação.
Este primeiro estágio é obrigatório para a frequência dos restantes três.

Teatro Gestual – Máscaras Neutras, Expressivas e Larvares
12 e 13 de Outubro de 2024
sábado e domingo, 10h30-13h30 / 15h00-18h00

Introdução ao trabalho com a Máscara Neutra. Jogo de coros com máscara e improvisação, com máscaras neutras, expressivas e larvares.

Commedia dell’Arte
19 e 20 de Outubro de 2024
sábado e domingo, 10h30-13h30 / 15h00-18h00

Apresentação das principais personagens fixas da Commedia dell’Arte: os Zanni – Zanni Anego, Arlequim e Brighella; os Velhos – Pantalone e Dohore; os Apaixonados – 1º e 2º Apaixonado, 1ª e 2ª Apaixonada; as atracções e convidados – Capitão, Polichinelo, Cortesã; a Servetta ou Zannete. Exercícios de improvisação com as máscaras e as personagens fixas.
Este estágio é obrigatório para a frequência do estágio “A criação colectiva na Commedia dell’Arte”.

A criação colectiva na Commedia dell’Arte
26 e 27 de Outubro de 2024
sábado e domingo, 10h30-13h30 / 15h00-18h00

Criação de Lazzi (números previamente ensaiados) e de Canovacci (guiões de Commedia dell’Arte) a partir de improvisações preparadas e dirigidas. Elaboração de um guião final destinado a apresentação pública.

Estágios de formação teatral para atores – Técnica da Máscara
concepção e direcção de FILIPE CRAWFORD
Coimbra, Outubro de 2024

Destinatários/as
actores / actrizes; outros/as intérpretes de artes performativas; estudantes do ensino artístico
Formador Filipe Crawford
Duração e calendário 12 horas x 4 estágios

5 a 27 de Outubro de 2024
(sábados e domingos, 10h30-13h30 / 15h00-18h00)
Sala Brincante da Cena Lusófona (Pátio da Inquisição)

Condições e inscrições
Os alunos deverão trazer roupa confortável de cor preta, sapatilhas ou calçado confortável e uma meia collant de mousse preta para servir de calote para a máscara.
As inscrições devem ser feitas até 6 de Setembro de 2024 para o endereço cdi@cenalusofona.pt, mediante o envio da ficha de inscrição preenchida, de uma fotografia e de um cv resumido.

Valor por estágio 75,00 €.
Valor pela totalidade dos quatro estágios: 250,00 €.
O valor da inscrição deverá ser pago antecipadamente.

Comments are closed.