Posts Tagged ‘Ana Biscaia’

Hoje no TCSB: Ana Biscaia e Clovis Levi mostram “O Retrato ou aquilo que não se vê”

Quinta-feira, Abril 11th, 2019

“O Retrato ou aquilo que não se vê”, com texto de Clovis Levi e ilustrações de Ana Biscaia, será em breve lançado em Portugal, pela Xerefé, com o apoio da XXI Semana Cultural da Universidade de Coimbra.

Hoje, ao final da tarde, a ilustradora vem à Livraria do TCSB falar do processo de criação, expondo alguns dos trabalhos já finalizados e mostrando alguns dos esboços que foi juntando. Com a participação do escritor, via skype, a conversa é uma óptima oportunidade para ficar a conhecer a obra antecipadamente, mas também para saber mais sobre o trabalho de ilustração de um livro, pela voz de uma das mais conceituadas ilustradoras portuguesas.

Ana Biscaia venceu em 2012, precisamente com um livro também escrito por Clovis Levi – “A Cadeira Que Queria Ser Sofá” – o Prémio Nacional de Ilustração.

A sessão começa às 18h30 e tem entrada livre. Faça-nos companhia!

ILUSTRAÇÃO | EXPOSIÇÃO E CONVERSA
O Retrato ou aquilo que não se vê
Ana Biscaia
Exposição de ilustrações originais e pré-apresentação
de livro “O Retrato ou aquilo que não se vê”, de Clovis Levi (texto) e Ana Biscaia (ilustração)
11 de Abril de 2019
quinta-feira, 18h30
entrada livre
org. Xerefé / Flagrante Título, no âmbito da XXI Semana Cultural da Universidade de Coimbra

informações:
239 718 238 / 966 302 488 / geral@aescoladanoite.pt

Ana Biscaia e Clovis Levi mostram livro novo no TCSB

Quarta-feira, Abril 10th, 2019

Ana Biscaia traz esta quinta-feira o seu atelier para a Livraria do Teatro da Cerca de São Bernardo e abre-o ao público, numa exposição-conversa sobre o desafiante trabalho que tem em mãos. “O Retrato ou aquilo que não se vê”, com texto de Clovis Levi, será em breve editado pela Xerefé. A ilustradora mostra-nos os desenhos que já fez e os esboços que vai juntando e convida-nos para uma visita ao seu processo criativo, numa conversa informal que raras vezes temos oportunidade de ter. A entrada é gratuita.

É um privilégio: esta quinta-feira ao final da tarde (11 de Abril, às 18h30), a Livraria do TCSB transforma-se no atelier de Ana Biscaia. Entre esboços e desenhos finalizados, a ilustradora abre ao público o seu processo de criação, a propósito da obra em que está a trabalhar.
O livro, que em breve estará nas bancas com o apoio da XXI Semana Cultural da Universidade de Coimbra, chama-se “O Retrato ou aquilo que não se vê”. Foi escrito pelo encenador brasileiro Clovis Levi, ex-professor na Escola Superior de Educação de Coimbra, autor também de “A cadeira que queria ser sofá”, com o qual Ana Biscaia venceu o Prémio Nacional de Ilustração em 2012.
Com uma linguagem poética que toca leitores de todas as idades, o livro mostra-nos um retrato onde estão Genilda, Luan, Uélinton e Chakira, crianças com 10 anos, mais o bebé Gugo, a cadela grávida Jupira e Pipa, a “papagaia” de papel que namora com o vento. E os sonhos de todos eles. Passam 10 anos entretanto. Que retrato podemos tirar agora destas personagens? O que acontece e o que poderia acontecer com cada uma delas?

“O Retrato” – disse a escritora e actriz Stella Maris Rezende a propósito da edição brasileira do livro, publicada em 2016 – “fala de sonhos, realidades difíceis, mas sobretudo nos encanta e nos faz imaginar as inúmeras narrativas possíveis na vida de uma pessoa. Tem cenas tristes, alegres, trágicas, emocionantes”. “Rico em entrelinhas” e com “fina ironia, bom humor e atmosfera poética” – acrescenta Stella – o texto de Clovis Levi “dialoga com outras artes, como a fotografia, o cinema e o teatro”. É “um encanto de livro” que nos “faz sonhar alto, bem alto, tanto quanto sonhou a namorada do vento”.
De tudo isto, e de como é possível imaginar e desenhar os sonhos das crianças, falarão Ana Biscaia (de papéis à frente e de lápis na mão) e Clovis Levi (via skype, a partir do Brasil), neste fim de tarde tão especial na Cerca de São Bernardo. A entrada é livre.

Ana Biscaia (foto: Ali Matay)

ANA BISCAIA
Ana Biscaia (1978) é designer gráfica e ilustradora. Estudou ilustração em Estocolmo, na Konstfack University College of Arts, Crafts and Design. Com exposições realizadas em vários pontos do Mundo, recebeu, entre outras distinções, o Prémio Nacional de Ilustração em 2012, atribuído pela DGLAB, com a obra “A cadeira que queria ser sofá” (texto de Clovis Levi). É fundadora das Edições Xerefé. Colabora regularmente com o TCSB, onde tem dirigido várias iniciativas para crianças, em particular no âmbito dos Sábados para a Infância e das oficinas nas férias escolares.

ILUSTRAÇÃO | EXPOSIÇÃO E CONVERSA
O Retrato ou aquilo que não se vê
Ana Biscaia
Exposição de ilustrações originais e pré-apresentação
de livro “O Retrato ou aquilo que não se vê”, de Clovis Levi (texto) e Ana Biscaia (ilustração)
11 de Abril de 2019
quinta-feira, 18h30
entrada livre
org. Xerefé / Flagrante Título, no âmbito da XXI Semana Cultural da Universidade de Coimbra

informações:
239 718 238 / 966 302 488 / geral@aescoladanoite.pt

Hoje no TCSB: Oficina de ilustração com Ana Biscaia nos Sábados para a Infância (esgotada)

Sábado, Fevereiro 23rd, 2019

Está esgotada a oficina de ilustração “Perrault? Sei bem quem é!”, que Ana Biscaia dirige esta manhã em mais um dos Sábados para a Infância no TCSB.

As crianças vão ouvir algumas das histórias imortalizadas pelo escritor francês do século XVII e são convidadas a desenhar a partir delas, guiadas pela mão experiente da ilustradora, presença habitual nestas manhãs de sábado.

Até ao final do trimestre há mais propostas para miúdos e graúdos. Reservem os vossos lugares!

ILUSTRAÇÃO
Perrault? Sei bem quem é!
Ana Biscaia
23 de Fevereiro de 2019
Sábado, 10h30 – 13h00
M/6 > 150′
Preço: 15 €
[Sábados para a infância no TCSB]

Hoje no TCSB: oficina de ilustração com Ana Biscaia

Sábado, Novembro 10th, 2018

esgotado

Está esgotada a oficina de ilustração que Ana Biscaia dirige esta manhã no Teatro da Cerca de São Bernardo, a partir do livro “O Solar de Berbiande”, editado pela Xerefé.

Os Sábados para a Infância continuam até ao final do ano. Reservem os vossos lugares!

ILUSTRAÇÃO | APRESENTAÇÃO DE LIVRO / OFICINA
“O Solar de Berbiande”, de Pitum Keil do Amaral e Ana Biscaia
seguido de oficina de ilustração com Ana Biscaia
10 de Novembro de 2018
Sábado, 10h30-13h00
M/6 > 150′
Preço (oficina): 15 €
[Sábados para a infância no TCSB]

Novembro no TCSB: Embarcação do Inferno, Linha de Fuga e Sábados para a Infância

Quinta-feira, Novembro 1st, 2018

Com mais de 100 sessões apresentadas e vista já por mais de 11 mil espectadores, o espectáculo “Embarcação do Inferno”, de Gil Vicente, regressa este mês ao palco do Teatro da Cerca de São Bernardo, em Coimbra, para uma nova temporada para o público escolar e duas sessões para o público em geral. “FUÁ / La lengua de nuestras posibilidades”, da uruguaia Federica Folco, o espectáculo para crianças do Teatro do Noroeste e os Sábados para a Infância completam a programação de Novembro do espaço programado pel’A Escola da Noite.

site nov

Estreado em Outubro de 2016, “Embarcação do Inferno” é uma co-produção entre A Escola da Noite e o Centro Dramático de Évora, encenada pelos directores artísticos das duas companhias, que junta em palco oito actores dos dois grupos (e alguns bonecos): Ana Meira, Jorge Baião, José Russo, Rosário Gonzaga e Rui Nuno (Cendrev) e Igor Lebreaud, Maria João Robalo e Miguel Magalhães (A Escola da Noite).
Numa altura em que se comemoram os 500 anos da sua primeira apresentação e da sua primeira publicação (2016-2018), A Escola da Noite e o Cendrev, ambas com um longo e aprofundado trabalho em torno do reportório vicentino, construíram a sua versão do grande clássico do teatro português, também conhecido como “Auto da Barca do Inferno”. O espectáculo é um convite ao público para que volte a olhar para a peça e a confrontar-se com tudo o que ela continua a ter para nos oferecer, cinco séculos depois. No programa do espectáculo, José Augusto Cardoso Bernardes, consultor científico do projecto, afirma: “pela mão qualificada, segura e inventiva da Escola da Noite e do Centro Dramático de Évora, ficamos em condições de problematizar temas de sempre: Morte e Vida, Mal e Bem, Ter e Poder. E, para tal, nem sequer precisamos de sair completamente do século XXI. Com os pés assentes no nosso tempo, bastará alongar o ouvido e apurar a visão para escutar a sensibilidade e a moral de um outro tempo que, afinal, não está ainda tão afastado de nós como pode parecer”.
Como é marca habitual das duas companhias, o espectáculo apresenta o texto na íntegra (na versão fixada por Paulo Quintela, na década de 50 do século XX), com uma abordagem cénica contemporânea. Da equipa artística do espectáculo fazem ainda parte João Mendes Ribeiro e Luísa Bebiano (cenografia), Ana Rosa Assunção (figurinos e bonecos), António Rebocho (luz) e Luís Pedro Madeira (música).
Neste regresso a Coimbra, “Embarcação do Inferno” cumprirá uma temporada de 10 sessões para o público escolar (9 a 16 de Novembro, de terça a sexta-feira, às 11h00 e às 15h00) e é apresentado em duas sessões para o público em geral, a 17 e 18 de Novembro (sábado às 21h30 e domingo às 16h00). Logo a seguir, o espectáculo rumará a Braga (Theatro Circo, 22 e 23 de Novembro) e a Ponta Delgada (Teatro Micaelense, 30 de Novembro e 1 de Dezembro).

FUA

FUÁ / La lengua de nuestras posibilidades

Federica Folco e o Linha de Fuga
Na segunda quinzena do mês, o TCSB acolhe parte da programação do projecto Linha de Fuga – Laboratório e Festival Internacional de Artes Performativas, uma produção Real Pelágio comissariada por Catarina Saraiva. Aqui terá lugar o laboratório dirigido pela uruguaia Federica Folco e a respectiva apresentação pública, a 30 de Novembro, sexta-feira, pelas 21h30. Em “FUÁ / La lengua de nuestras posibilidades”, “buscamos chegar a estados que distorcem nossos sistemas perceptivos e sentidos habituais. Agora a acção é a atenção, o carinho é espalhado e a língua é a língua. Desarticulamos os sentidos e o colectivo sensível reivindica visceralmente possibilidades, encarnamos a carne e incitamos nossos desejos e pulsões para que nos empurrem sem medo a viver outra experiência” – adianta a criadora, investigadora e professora de dança uruguaia Federica Folco. Em Coimbra, os intérpretes da obra são alguns dos participantes do laboratório, que decorrerá ao longo da semana, também no Teatro da Cerca de São Bernardo.

Ana Biscaia e Rachel Caiano

Ana Biscaia e Rachel Caiano

Programação para a infância
Em Novembro, os Sábados para a Infância são dominados pelo livro, com a habitual sessão de “Flores de Livro” (com Cláudia Sousa, já no dia 3) e duas oficinas de ilustração que acompanham a apresentação de obras recentemente publicadas: “O Solar de Berbiande”, de Pitum Keil do Amaral e Ana Biscaia (dia 10, às 10h30) e “Contos de Encantar”, de E.E.Cummings e Rachel Caiano (dia 17, às 11h00). No último sábado do mês, a bailarina e coreógrafa Leonor Barata volta a dançar com pais e filhos, numa oficina pensada para adultos e crianças dos 18 meses aos 4 anos.
Ainda a pensar nos mais novos, e no âmbito do intercâmbio iniciado este ano com o Teatro do Noroeste – Centro Dramático de Viana, A Escola da Noite acolhe a 29 de Novembro duas sessões para o público escolar do espectáculo “O Autómato”, a partir de Fernando de Paços, com encenação de Graeme Pulleyn. As sessões estão agendadas para as 10h30 e para as 15h00 e implicam reserva prévia dos grupos interessados.

Clube de Leitura Teatral (foto: Cláudia Morais)

Clube de Leitura Teatral (foto: Cláudia Morais)

Clube de Leitura no TAGV
“Exílio(s) 61-74”, de Ricardo Correia, é o texto escolhido para a sessão de Novembro do Clube de Leitura Teatral, que este mês acontece no Teatro Académico de Gil Vicente, no dia 6, pelas 18h30. Como habitualmente, a participação como leitor/a e a assistência à leitura pública são gratuitas.

Matilde Javier Ciria

Matilde Javier Ciria

Oficinas de movimento e Butoh
As terças-feiras continuam a ser dedicadas ao corpo e ao movimento, com as oficinas “Treino físico para as artes cénicas” e “Ni.Butoh – Ni Teatro Ni Dança”, dirigidas pelo bailarino e coreógrafo Matilde Javier Ciria. Com uma procura crescente, estas oficinas podem ser frequentadas em continuidade ou em sessões pontuais e não implicam qualquer experiência prévia dos participantes. “A formação dirige-se a todos os corpos, independentemente da sua experiência”, afirma Matilde, artista nascido em Espanha e recentemente radicado em Coimbra.

Teatro da Cerca de São Bernardo
Programação de Novembro de 2018

LEITURA
Flores de Livro
Cláudia Sousa
3 de Novembro de 2018
Sábado, 11h00
Bar/Livraria do TCSB > M/2 > 50′
Preços: 5 € (adulto+criança); 3 € (individual)
[Sábados para a infância no TCSB]

LEITURA
“Exílio(s) 61-74”
dir. Ricardo Correia
Clube de Leitura Teatral
6 de Novembro de 2018
Terça-feira, 18h30
TAGV > 60’ > entrada gratuita
co-organização: TAGV / A Escola da Noite

OFICINA
Treino físico para as artes cénicas
Matilde J. Ciria
6, 13, 20 e 27 de Novembro de 2018
terças-feiras, 18h30 – 20h00
Cena Lusófona > 8,00 €

OFICINA
NI.BUTOH – Ni Teatro Ni Dança
Matilde J. Ciria
6, 13, 20 e 27 de Novembro de 2018
terças-feiras, 20h00 – 22h00
Cena Lusófona > 15,00 €

ILUSTRAÇÃO | APRESENTAÇÃO DE LIVRO / OFICINA
“O Solar de Berbiande”, de Pitum Keil do Amaral e Ana Biscaia
seguido de oficina de ilustração com Ana Biscaia
10 de Novembro de 2018
Sábado, 10h30-13h00
M/6 > 150′
Preço (oficina): 15 €
[Sábados para a infância no TCSB]

ILUSTRAÇÃO | APRESENTAÇÃO DE LIVRO / OFICINA
“Contos de encantar”, de E.E.Cummings e Rachel Caiano
seguido de oficina de ilustração com Rachel Caiano
17 de Novembro de 2018
Sábado, 11h00-13h00
M/6 > 120′
Preço (oficina): 15 €
[Sábados para a infância no TCSB]

TEATRO
Embarcação do Inferno
de Gil Vicente
A Escola da Noite / Cendrev
17 e 18 de Novembro de 2018
sábado, 21h30; domingo, 16h00
M/12 > 60′ > 6 a 10 €
sessões para escolas:
9 a 16 de Novembro
terça a sexta-feira, 11h00 e 15h00

DANÇA | OFICINA
Dança para pais e filhos
com Leonor Barata
24 de Novembro de 2018
Sábado, 11h00
adultos + crianças dos 18 meses aos 4 anos > 60′
Preço: 10 € (adulto+criança)
[Sábados para a infância no TCSB]

TEATRO
O Autómato
Teatro do Noroeste – Centro Dramático de Viana
29 de Novembro de 2018
Quinta-feira, 10h30 e 15h00
(mediante marcação prévia)
M/3 > 45′
Preço: 3 €

TEATRO
FUÁ / La lengua de nuestras posibilidades
dir. Federica Folco (Uruguai)
30 de Novembro de 2018
Sexta-feira, 21h30
M/6 > 60′
Preço único: 5 €
[integrado no projecto Linha de Fuga]

informações e reservas:
239 718 238 / 966 302 488 / geral@aescoladanoite.pt