Posts Tagged ‘Valerie Mitteaux’

Hoje no TCSB: “Dreamocracy”, de Raquel Freire e Valerie Mitteaux

Quarta-feira, Março 4th, 2015

Como artista chinesa, sei que a liberdade é frágil e tenho confiança no futuro quando vejo jovens a lutar para fortalecer a democracia. Dreamocracy é um filme inspirador para ser visto. Um caminho a seguir.
Xiaolu Guo, cineasta e romancista

 

Começa hoje o ciclo de cinema “Democracia e inquietação”, organizado pelo projecto ALICE/CES.
“Dreamocracy”, de Raquel Freire e Valerie Mitteaux, é a primeira proposta. A sessão conta com a presença das realizadoras e os comentários de Boaventura Sousa Santos. Começa às 21h30 e os bilhetes custam 2,50 Euros.
Não perca!

Dreamocracy
de Raquel Freire e Valérie Mitteaux

dreamocracy_ban

Coimbra, TCSB
4 de Março
quarta-feira, 21h30

Documentário > 80? > Portugal, 2014, M/12
seguido de debate com as realizadoras com os comentários de Boaventura Sousa Santos
preço único: 2,50 Euros

Março no TCSB: Teatro do Montemuro abre mês com muito teatro e cinema

Segunda-feira, Março 2nd, 2015

O mais novo espectáculo do Teatro do Montemuro abre a programação teatral do TCSB no mês de Março, repleta de espectáculos e de cinema. Para além do grupo de Campo Benfeito, A Escola da Noite recebe no seu espaço a Companhia de Teatro de Braga e o Chão de Oliva e festeja o Dia Mundial do Teatro com a reposição de “Novas diretrizes em tempos de paz”, de Bosco Brasil. Seis filmes, programados em colaboração com a APIP, o CES e o Centro de Documentação 25 de Abril completam o leque de ofertas à disposição do público da cidade.

"Memórias partilhadas" (foto: Filipe Ferreira)

“Memórias partilhadas” (foto: Filipe Ferreira)

“Memórias partilhadas” estreou no Teatro Nacional D. Maria II no início do ano e reúne três pequenos textos de Therese Collins, de Peter Cann e de Abel Neves, amigo e inspiração comum entre o Teatro do Montemuro e A Escola da Noite.
A companhia de Campo Benfeito traz desta vez três histórias que nos falam de uma carteira vazia, de um lápis capaz de “destravar” o mundo e de uma almofada de penas de cuco… Tudo com a habitual magia e o humor inconfundível de um grupo que é presença assídua no TCSB e que o público de Coimbra já não dispensa. O espectáculo é apresentado a 6 e 7 de Março (sexta e sábado), sempre às 21h30.
Nas duas semanas seguintes, mais duas companhias nacionais visitam Coimbra: a Companhia de Teatro de Braga traz “Um Picasso”, de Jeffrey Hatcher (13 e 14 de Março), e o Chão de Oliva – Companhia de Teatro de Sintra oferece-nos “A nova aragem” (21 de Março), uma co-produção com o grupo moçambicano Lareira Artes.
Na última semana do mês, A Escola da Noite assinala o Dia Mundial do Teatro com a reposição de “Novas diretrizes em tempos de paz”, a maravilhosa metáfora sobre o lugar da arte nas nossas vidas, escrita por Bosco Brasil a pensar em todos aqueles que são obrigados a deixar as suas terras em busca de uma vida melhor ou, em muitos casos, apenas para sobreviver. O espectáculo cumprirá uma curta temporada de quatro sessões, entre 26 e 29 de Março (quinta a domingo).

Cinema: ciclos temáticos no TCSB
Ao longo das três primeiras semanas do mês prossegue o Ciclo de Cinema sobre a doença mental, organizado pela Associação Portuguesa de Internos de Psiquiatria (APIP). “Mr. Jones”, de Mike Figgis, “A Ponte”, de Eric Steel, e “Bruscamente, no Verão passado”, de Joseph L. Mankiewicz, são os três filmes propostos. As sessões são sempre às terças-feiras, pelas 21h00, e têm todas entrada gratuita e debate no final.

dreamocracy
A 4 de Março, numa nova parceria entre o Projecto ALICE, do Centro de Estudos Sociais, e A Escola da Noite, é exibido o documentário “Dreamocracy”, de Raquel Freire e Valérie Mitteaux. O filme é um “retrato de um país em crise, do desespero das pessoas para sobreviveram no quotidiano e das tentativas de luta contra a desumanização, pelo direito universal a uma vida digna”, afirmam as próprias realizadoras, que estarão presentes na sessão e participam num debate, após a projecção, com os comentários de Boaventura Sousa Santos. A sessão tem início às 21h30 e inaugura o ciclo de cinema “Democracia e Inquietação”, que continuará em Abril, com mais três documentários produzidos no âmbito de projectos de investigação do CES. Os bilhetes custam 2,50 Euros.
A encerrar o mês, e integrado nas comemorações da Revolução dos Cravos, o TCSB acolhe a projecção do filme “A Batalha de Argel”, um premiado documentário de 1966, realizado por Gillo Pontecorvo. A sessão faz parte do ciclo “Vale a pena falar ainda da Guerra Colonial?”, organizado pelo Centro de Documentação 25 de Abril. A sessão começa às 21h00, é seguida de debate com Miguel Cardina e Rui Bebiano e tem entrada gratuita.

Flores de Livro e Más Caras
Como habitualmente, o mês não acaba sem que Cláudia Sousa regresse ao bar do Teatro com a sua mala cheia de histórias para ler aos mais pequenos. Depois de os ter colocado a desenhar nos vidros do Teatro, que surpresas lhes reservará para o início da primavera? A sessão de Março é no dia 28, no horário habitual: 11h00. O preço para criança + acompanhante é de 5 Euros.
Também no bar do Teatro continua patente, até ao final do mês, a exposição de máscaras que Delphim Miranda aqui foi construindo desde Janeiro. Para além dos dias de espectáculo, pode ser visitada de segunda a sexta-feira entre as 10h00 e as 13h00 e as 14h30 e as 18h30 e aos sábados à tarde.

TCSB
Programação de Março de 2015

dreamocracy

CINEMA
Mr. Jones
de Mike Figgis
seguido de conversa com Pio de Abreu e Flávia Polido
03 de Março
terça-feira, 21h00
entrada gratuita
org. APIP, no âmbito do II Ciclo de Cinema sobre a Doença Mental

CINEMA
Dreamocracy
de Raquel Freire e Valérie Mitteaux
seguido de debate com as realizadoras e os comentários de Boaventura de Sousa Santos
04 de Março
quarta-feira, 21h30
preço: 2,50 Euros
org. Projecto Alice/Centro de Estudos Sociais, no âmbito do Ciclo de Cinema “Democracia e Inquietação”

TEATRO
Memórias Partilhadas
de Therese Collins, Abel Neves e Peter Cann
Teatro do Montemuro / TNDMII
06 e 07 de Março
sexta e sábado, 21h30
preços: 10 Euros (normal); 6 Euros (estudante, jovem, profissionais e amadores de teatro); 5 Euros (grupos de 10 ou mais pessoas, entidades protocoladas com o TCSB)

CINEMA
A Ponte
de Eric Steel
seguido de conversa com Braz Saraiva e Filipe Almeida
10 Março
terça-feira, 21h00
entrada gratuita
org. APIP, no âmbito do II Ciclo de Cinema sobre a Doença Mental

TEATRO
Um Picasso
de Jeffrey Hatcher
Companhia de Teatro de Braga
13 e 14 de Março
sexta e sábado, 21h30
preços: 10 Euros (normal); 6 Euros (estudante, jovem, profissionais e amadores de teatro); 5 Euros (grupos de 10 ou mais pessoas, entidades protocoladas com o TCSB)

CINEMA
Bruscamente, no Verão passado
de Joseph L. Mankiewicz
seguido de conversa com João Relvas e Hugo Bastos
17 Março
terça-feira, 21h00
entrada gratuita
org. APIP, no âmbito do II Ciclo de Cinema sobre a Doença Mental

TEATRO
A nova aragem
de Sérgio Mabombo
Chão de Oliva – Companhia de Teatro de Sintra / Lareira Artes (Moçambique)
21 de Março
sábado, 21h30
preços: 10 Euros (normal); 6 Euros (estudante, jovem, profissionais e amadores de teatro); 5 Euros (grupos de 10 ou mais pessoas, entidades protocoladas com o TCSB)

TEATRO
Novas diretrizes em tempos de paz
de Bosco Brasil
A Escola da Noite
26 a 29 de Março
quinta a sábado, 21h30; domingo 16h00
preços: 10 Euros (normal); 6 Euros (estudante, jovem, profissionais e amadores de teatro); 5 Euros (grupos de 10 ou mais pessoas, entidades protocoladas com o TCSB)

LEITURA DE CONTOS PARA A INFÂNCIA
Flores de Livro
Cláudia Sousa
28 de Março
sábado, 11h00
preços: 3 Euros (individual); 5 Euros (criança + acompanhante)

CINEMA
A Batalha de Argel
de Gillo Pontecorvo
seguido de debate com os comentários de Miguel Cardina e Rui Bebiano
31 de Março
terça-feira, 21h00
entrada gratuita
org. Centro de Documentação 25 de Abril, no âmbito do ciclo “Vale a pena falar ainda da Guerra Colonial?”

informações e reservas
239 718 238 / 966 302 488 / geral@aescoladanoite.pt