Auto dos Físicos, de Gil Vicente

IMG_2683

Miguel Magalhães, Maria João Robalo, Igor Lebreaud, Filipe Eusébio e Sofia Lobo, “Auto dos Físicos” (foto: Pedro Rodrigues)

Escrito e representado pela primeira vez entre 1512 e 1524, o Auto dos Físicos encerra o livro das farsas na “Copilaçam” de 1562 mas viria a ser excluído, pela censura da Inquisição, na edição de 1586.

Acredita-se, pelo tom chocarreiro e pelo burlesco que a caracterizam, que foi representada em época de Carnaval. Um padre “morre” de um amor não correspondido e quatro médicos (os “físicos”) visitam-no à vez, sugerindo estapafúrdios remédios. Brásia Dias, a parente que primeiro o tenta ajudar, um moço transformado em (fraco) alcoviteiro e um padre confessor que compreende “bem demais” o sofrimento do seu colega completam o leque de personagens desta divertida farsa, rematada por uma “ensalada” vicentina, com referências e citações de outras peças do autor e a elementos do cancioneiro tradicional.

A peça apresenta caricaturas de pessoas concretas – os quatro físicos correspondem a pessoas que realmente exisitiam e que o público facilmente reconhecia – mas é também, como quase toda a obra de Vicente, um retrato da corte, da Igreja e da sociedade portuguesas do século XVI em Portugal.

texto Gil Vicente encenação António Augusto Barros elenco Filipe Eusébio, Igor Lebreaud, Maria João Robalo, Miguel Magalhães e Sofia Lobo cenografia João Mendes Ribeiro figurinos e adereços Ana Rosa Assunção luz Rui Valente som Zé Diogo vídeo Eduardo Pinto apoio vocal Sofia Portugal cabelos Carlos Gago / Ilídio Design co-produção A Escola da Noite / Secção Regional do Centro da Ordem dos Médicos

M/12 > 50′

ESTREIA: Coimbra, TCSB, 25/09/2014

OUTRAS APRESENTAÇÕES: Coimbra, Pavilhão Centro de Portugal (ante-estreia, 14/09/2014); Campo Benfeito (Castro Daire), Espaço Montemuro (24/10/2014); Arganil, Auditório da Cerâmica Arganilense (08/11/2014); Casar de Cáceres (Cáceres, Espanha), La Nave del Duende (31/01/2015); Covilhã, Cine-Teatro Municipal (11 e 12/02/2015); Caldas da Rainha, Centro Cultural e de Congressos (20/02/2015); Leiria, Teatro Miguel Franco (24/02/2015); Castelo Branco, Cine-Teatro Avenida (23/04/2015); Matosinhos, Cine-Teatro Constantino Nery (08/05/2015); Guarda, Teatro Municipal – Pequeno Auditório (14/05/2015); Coimbra, TCSB (12 a 16/02/2016); Évora, Teatro Garcia de Resende (18 a 21/02/2016); Braga, Theatro Circo (1 e 2/03/2016); Barcelos, Theatro Gil Vicente (4/03/2016).

PRÓXIMOS ESPECTÁCULOS

COIMBRA
Teatro da Cerca de São Bernardo

8 a 17 de Fevereiro de 2018
quinta-feira a sábado, 21h30

sessões para escolas:
8 a 16/02/2018
quarta a sexta-feira, 11h00 e 15h00

informações e reservas:
239 718 238 / 966 302 488 / geral@aescoladanoite.pt

Documentos / Ligações:

– Cartaz do espectáculo

– “Auto dos Físicos”, pel’A Escola da Noite [reportagem da ESEC-TV, 08/10/2014]

– “Rir por último” (texto a propósito da co-produção com a Secção Regional do Centro da Ordem dos Médicos)

– Colégio São Teotónio: Jovens alunos à descoberta da riqueza do teatro de Gil Vicente [Diário As Beiras, 07/05/2015]

– Auto dos Físicos no palco em duas sessões de Carnaval [Diário As Beiras, 09/02/2016]

 

2 Responses to “Auto dos Físicos, de Gil Vicente”

  1. Margarida Fonseca diz:

    Exmos Senhores,

    Pretendo obter mais informações sobre o espetáculo “O Auto dos Físicos”: o preço dos bilhetes, onde vai ser exibido o espetáculo, se ainda há 2 bilhetes para o próximo.
    Agradeço a atenção dispensada!
    Os meus cumprimentos,
    Margarida Fonseca

  2. EN diz:

    Margarida, um ano depois, o espectáculo volta à cena em Coimbra. Nos dias 12 e 13 de Fevereiro (sexta e sábado), pelas 21h30, será apresentado no TCSB.

Leave a Reply

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.