Archive for the ‘programação’ Category

“Sem medo do futuro”: os Sábados para a Infância ajudando a transver a realidade

Sábado, Outubro 7th, 2017

A investigadora e professora universitária brasileira Maisa Antunes apresentou no dia 6 de Outubro, no Bar/Livraria do TCSB, os resultados preliminares do trabalho de campo da sua tese de doutoramento, sobre arte e educação. Os Sábados para a Infância no TCSB são um dos programas observados.

IMG_3158 (1)

(foto: Pedro Rodrigues)

Num seminário intitulado “Diálogos no Teatro: Educações, Crianças e Poesias”, Maisa recordou os primeiros projectos que desenvolveu na sua cidade natal (Juazeiro, Bahia) e o contexto profissional em que decidiu construir o seu projecto de tese, “Diálogos do Riso – Um campo aberto para repensar a arte e a educação”. Assumindo como “instrumento de trabalho” o conceito de “transver” a realidade (pedido emprestado ao poeta Manoel de Barros), a investigadora concentra-se numa noção de arte enquanto “experiência que pode trazer encantamentos, deslocamentos e desassossegos”.
O trabalho de campo do doutoramento incluiu contactos com várias escolas e espaços culturais no Brasil e em Portugal e entrevistas com dezenas de alunos, artistas e programadores culturais.
A iniciativa “Sábados para a Infância no TCSB”, desenvolvida pel’A Escola da Noite desde 2015, foi um dos objectos de estudo. Referindo-se ao conjunto de programas artísticos para crianças e jovens que observou, Maisa Antunes afirmou que “espaços como os Sábados para a Infância abrem possibilidades de debate acerca da presença da arte na educação”. Aqui – disse ela, recordando uma expressão recolhida entre as crianças com quem falou – os miúdos podem expressar-se “sem ter medo do futuro”.
Entre as declarações dos artistas entrevistados, a investigadora recordou uma que sintetiza os principais objectivos dos Sábados para a Infância: “não pretendemos formar artistas, nem públicos, nem descodificar conteúdos – queremos provocar o espanto, provocar a reflexão, e que a experiência estética esteja presente na formação dos indivíduos”.

IMG_3157 (1)

(foto: Pedro Rodrigues)

A tese de doutoramento, ainda em construção, é orientada por Maria Irene Ramalho e António Sousa Ribeiro, no âmbito do programa “Pós-Colonialismos e Cidadania Global”, do Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra. Deverá estar concluída e ser defendida em meados de 2018. Os Sábados para a Infância iniciaram este mês a sua terceira temporada consecutiva e prometem continuar a tornar mais bonitos os fins-de-semana na Cerca de São Bernardo.

IMG_3165 (1)

(foto: Pedro Rodrigues)

MAISA ANTUNES
Cláudia Maisa Antunes Lins é natural de Juazeiro (Bahia, Brasil). Tem formação em Pedagogia e mestrado em Educação pela Faculdade de Educação na Universidade Federal da Bahia – FACED-UFBA. Trabalhou como pedagoga no projecto de elaboração de materiais didácticos para crianças e adolescentes, no contexto dos movimentos sociais no Semiárido Brasileiro; participou em diversos projectos de cunho artístico, entre os quais se destaca o seu projeto de tese (www.dialogosdoriso.com), realizado também no sertão baiano.
Actualmente é professora da Universidade do Estado da Bahia – UNEB, desenvolvendo um trabalho de formação de Pedagogos/as através da componente curricular “Arte e Educação”. É bolseira da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior – CAPES.

Hoje no TCSB: Oficina de ilustração e concerto de Fernando Marques Ensemble

Sábado, Outubro 7th, 2017

cartazduplo 20171007

Estão de volta os dias grandes no TCSB. Ana Biscaia começa daqui a pouco a oficina de ilustração “Bora à Praia?”, inspirada na obra inédita de João Pedro Mésseder, “O Livro do Mar”. Está marcada para as 10h00 e ainda há algumas vagas!

À noite, o Fernando Marques Ensemble tem “(des)Encontros” marcados para nos mostrar a abordagem particular que faz ao fado de Coimbra. O concerto é às 21h30 e tem o preço único de 5 Euros.

Faça-nos companhia!

ILUSTRAÇÃO | OFICINA
“Bora à Praia?”
(inspirada em “O livro do Mar”, inédito de João Pedro Mésseder)
Ana Biscaia
7 de Outubro de 2017
Sábado, 10h00
M/4 > 180′
Preço: 10 Euros
Sábados para a infância no TCSB

MÚSICA
(des)Encontros
Fernando Marques Ensemble
7 de Outubro de 2017
Sábado, 21h30
M/6 > 60′
Preço único: 5 Euros

informações e reservas:
239 718 238 / 966 302 488 / geral@aescoladanoite.pt

Hoje no TAGV: Clube de Leitura Teatral, com Carlos J. Pessoa

Terça-feira, Outubro 3rd, 2017
Carlos J. Pessoa, no primeiro ensaio da leitura (foto: Cláudia Morais / TAGV)

Carlos J. Pessoa, no primeiro ensaio da leitura (foto: Cláudia Morais / TAGV)

Começa hoje a temporada 2017/2018 do Clube de Leitura Teatral – Coimbra, co-organizada pelo TAGV e pel’A Escola da Noite. Carlos J. Pessoa, dramturgo, professor, encenador e director artístico do Teatro da Garagem, dirige a primeira sessão, a partir de um texto inédito, da sua própria autoria – “Display”.

A sessão começa às 18h30 e tem entrada gratuita. Faça-nos companhia!

 

Display é a mais recente peça bilingue, português e inglês, escrita por Carlos J. Pessoa para o Teatro da Garagem e trata a crise de uma companhia de teatro. O cenário é um campo de cevada, lugar evocativo de uma natureza que se deseja invasora dos interstícios dos teatros. A narrativa acompanha o discurso de quatro personagens: o “encenador”, duas “actrizes” e um “actor convidado”.

O “encenador” está obcecado com uma figura tutelar, vagamente paterna, que o oprime. A “primeira actriz” é marcada pela perda dos filhos. A “segunda actriz” acredita numa espécie de utopia que se plasma no próprio teatro. Uma quarta personagem, o “actor convidado”, faz longas crónicas sobre problemas improváveis.

O último ato da peça é a evocação do Campo de Refugiados. Todas as personagens se relacionam no Campo de Refugiados, como se este espaço simbólico se convertesse numa oportunidade de redenção.

LEITURA
Display, de Carlos J. Pessoa
dir. Carlos J. Pessoa
pelo Clube de Leitura Teatral – Coimbra
3 de Outubro de 2017
Terça-feira, 18h30
TAGV > 90′
entrada gratuita
org. TAGV / A Escola da Noite

CARLOS J. PESSOA
Carlos J Pessoa. 51 anos. Nasceu em Lisboa. Tem o Curso de Formação de Actores da ESTC e a Licenciatura em Teatro e Educação pela mesma escola, onde é professor e coordenador pedagógico-artístico do Mestrado em Teatro, especialização em Encenação. Tem o título de Especialista em Teatro – Encenação, atribuído pelo Instituto Politécnico de Lisboa. Fez a pós-graduação e o curso de doutoramento em Ciências da Comunicação – Comunicação e Artes na FCSH/Universidade Nova de Lisboa. É co-fundador e Director Artístico do Teatro da Garagem. Desde 1989, foi o autor e encenador da quase totalidade dos 88 apresentados pela Companhia. Tem publicadas mais de 30 peças de sua autoria e diversos artigos sobre teatro. Em 1992 recebeu uma Menção Honrosa do prémio Madalena de Azeredo Perdigão pela encenação de “A Cidade de Fausto”; em 1993 recebeu o prémio Texto de Teatro do Teatro na Década, do Clube Português de Artes e Ideias, pela peça “Café Magnético”; em 2000 foi-lhe atribuído o Prémio CyberKyoske99 – Género Drama, pela peça “Desertos / evento didáctico seguido de um poema grátis”; em 2003 recebeu uma Menção Especial da Associação Portuguesa de Críticos de Teatro pelo espectáculo “Circo”; em 2009 foi-lhe atribuído o Prémio Melhor Texto Original Português do Guia dos Teatros pelo texto “On the Road, ou a hora do arco-íris”; em 2014, o seu texto “Finge” foi nomeado na Categoria de Teatro – Melhor Texto Português Representado, para o Prémio Autores atribuído pela Sociedade Portuguesa de Autores (SPA).

Hoje no TCSB: debate “Centro Histórico: que futuro?”

Terça-feira, Setembro 5th, 2017

21167274_1642303975788361_1427474632634454803_o

A Escola da Noite acolhe hoje, ao final da tarde, o debate com os candidatos à Câmara Municipal de Coimbra sobre o Centro Histórico da cidade.

A iniciativa é da Agência para a Promoção da Baixa de Coimbra (APBC) e conta com a moderação do jornalista Lino Vinhal. Começa às 19h15 e tem entrada gratuita.

DEBATE
Centro Histórico: que futuro? Baixa, Património de Coimbra
com os candidatos às Câmara Municipal de Coimbra
5 de Setembro de 2017
terça-feira, 19h15
entrada gratuita
org. APBC – Agência para a Promoção da Baixa de Coimbra

Nova temporada do TCSB abre com Histórias Perversas, pel’A Escola da Noite

Segunda-feira, Agosto 28th, 2017

A temporada 2017/2018 do Teatro da Cerca de São Bernardo, em Coimbra, abre com a estreia da nova produção d’A Escola da Noite: “TOMEO Histórias Perversas”. O espectáculo assinala o 25.º aniversário da companhia e estará em cena de 14 a 30 de Setembro, de quarta a domingo. Para Outubro está marcado o regresso de “Embarcação do Inferno”, de Gil Vicente.

HistoriasPerversas02_Fotodeensaio_EduardoPinto

Igor Lebreaud e Sofia Lobo – ensaio de “Histórias Perversas” (foto: Eduardo Pinto)

HISTÓRIAS PERVERSAS
Depois das ante-estreias lotadas em Julho, A Escola da Noite ultima agora a estreia da sua 65.ª produção, marcada para 14 de Setembro. “TOMEO Histórias Perversas” reúne mais de duas dezenas de textos breves do dramaturgo espanhol Javier Tomeo, seleccionados a partir das obras “Histórias Mínimas”, “Cuentos perversos”, “Inéditos y Reescrituras”, “Los nuevos inquisidores”, “Problemas oculares” e “Bestiário”. Míopes, pais que vêem gigantes onde filhos vêem moinhos, assassinos que saltam da tela de cinema, crianças que partem a lua em pedaços, esqueletos que falam, capitães que desertam e leões que choram são apenas algumas das dezenas de personagens em que se desdobra o (pequeno) elenco do espectáculo, composto por Igor Lebreaud, Miguel Magalhães e Sofia Lobo.
Seleccionados por António Augusto Barros e traduzidos pela equipa criativa do espectáculo, os textos agora levados à cena são uma pequena amostra da literatura “livre e audaz” que caracteriza a obra de Tomeo, autor prolífico e considerado por muitos como “inclassificável”, mas confesso admirador de Kafka, de Buñuel, do surrealismo, ou ainda de Charlot, Buster Keaton e Ramón Gómez de la Serna.
Encarando de frente alguns dos temas que acompanham todo o trabalho de Tomeo – o medo, a solidão, a incapacidade (ou a dificuldade) de comunicar – mas também a poesia e o humor de que nunca abdicou, A Escola da Noite regressa ao seu “autor fundador” (é de Tomeo o “Amado Monstro”, com que tudo começou, em 1992). À equipa “da casa” (na qual se inclui Ana Rosa Assunção, figurinista, aderecista e designer gráfica), juntam-se Jorri (que compôs a música e a interpreta ao vivo em todas as sessões desta temporada), António Rebocho (com um desenho de luz que realça o mistério e a inquietação que os textos sugerem) e Eduardo Pinto (cujo trabalho no vídeo alcança aqui um novo patamar). Com a consultadoria de João Mendes Ribeiro e Luísa Bebiano, António Augusto Barros concebeu também, a par da dramaturgia e da encenação, o espaço cénico – uma “máquina teatral”, recheada de surpresas, que tira o maior partido da versatilidade do TCSB e que, não deixando ninguém indiferente, já começou a suscitar as mais diversas interpretações.
“TOMEO Histórias Perversas” estará em cena de 14 a 30 de Setembro, de quarta a sábado às 21h30 e aos domingos às 16h00. Os bilhetes custam entre 6 e 10 Euros, já estão à venda e podem ser reservados pelos contactos habituais do TCSB: 239 718 238 / 966 302 488 / geral@aescoladanoite.pt. Por causa das características da tal “máquina teatral” em que tudo acontece, a lotação é mais reduzida do que o habitual. Os tradicionais avisos para a necessidade de reservar lugar com antecedência são desta vez, por isso mesmo, para levar ainda mais a sério.

CENTRO HISTÓRICO: QUE FUTURO?
Mesmo em mês de estreia d’A Escola da Noite, o TCSB mantém a sua porta aberta às iniciativas de outras instituições da cidade. Ainda antes do início da temporada de “TOMEO Histórias Perversas”, o Teatro acolhe, a 5 de Setembro, o debate com os candidatos à Câmara Municipal de Coimbra organizado pela Agência para a Promoção da Baixa de Coimbra. Pelas 19h15, com moderação do jornalista Lino Vinhal, os representantes das candidaturas às próximas eleições autárquicas discutem na sala principal do Teatro da Cerca de São Bernardo o tema “Centro Histórico: que futuro? Baixa, Património de Coimbra”. A entrada é livre.

EMBARCAÇÃO DO INFERNO REGRESSA EM OUTUBRO
Entretanto, A Escola da Noite está também já a aceitar reservas para o regresso a Coimbra de “Embarcação do Inferno”, de Gil Vicente, marcado para a segunda quinzena de Outubro.
Realizado em co-produção com o Cendrev – Centro Dramático de Évora, o espectáculo estreou em 2016 e assinala os 500 anos da primeira apresentação e da primeira edição do mais conhecido texto de Gil Vicente, também conhecido como “Auto da Barca do Inferno”. Na primeira fase de apresentações, foi apresentado em oito localidades nacionais em cerca de 70 sessões e foi visto por mais de seis mil espectadores.

imagemsemdata1000

Com encenação dos directores artísticos das duas companhias – António Augusto Barros e José Russo –, tem sido elogiado pela crítica e pelo público, que salientam a forma como o respeito pelo texto original se articula com uma abordagem cénica contemporânea, com particular destaque para o trabalho dos actores, a interacção com os diferentes bonecos que dão vida a algumas das personagens e a surpreendente cenografia, assinada por João Mendes Ribeiro e Luísa Bebiano. O elenco conta com actores dos dois grupos – Ana Meira, Igor Lebreaud, Jorge Baião, José Russo, Maria João Robalo, Miguel Magalhães, Rosário Gonzaga e Rui Nuno –, os figurinos e bonecos são de Ana Rosa Assunção, a música de Luís Pedro Madeira e o desenho de luz de António Rebocho.
A nova temporada em Coimbra decorre entre 18 e 29 de Outubro e inclui seis sessões para o público em geral (21 a 29 de Outubro, de quinta a domingo) e 10 sessões para o público escolar, em horário diurno (18 a 27 de Outubro, de quarta a sexta-feira). Nas sessões abertas ao público em geral, os bilhetes custam entre 6 e 10 Euros; nas sessões para escolas, que exigem reserva prévia e já estão a começar a ficar preenchidas, o preço é de 3 Euros por aluno, com entrada gratuita para professores/as e alunos/as abrangidos/as pelo Escalão A da ASE. Também já é possível comprar e reservar bilhetes.

Coimbra, Teatro da Cerca de São Bernardo
PROGRAMAÇÃO DE SETEMBRO DE 2017

DEBATE
Centro Histórico: que futuro? Baixa, Património de Coimbra
com os candidatos às Câmara Municipal de Coimbra
5 de Setembro de 2017
terça-feira, 19h15
entrada gratuita
org. APBC – Agência para a Promoção da Baixa de Coimbra

TEATRO [ESTREIA]
TOMEO Histórias Perversas
A Escola da Noite
14 a 30 de Setembro de 2017
quarta a sábado, 21h30; domingos, 16h00
M/12 > 1h30
Preços: Normal, 10 €; Estudante, jovem, M/65, profissionais e amadores/as de teatro: 6 €; Entidades protocoladas TCSB: 5 €; Assinaturas TCSB: 50 € (10+1 entradas) ou 30 € (5 entradas)

A ESCOLA DA NOITE – GRUPO DE TEATRO DE COIMBRA
(a seguir)

TEATRO
Embarcação do Inferno
de Gil Vicente
A Escola da Noite / Cendrev
21 a 29 de Outubro de 2017
quinta a sábado, 21h30 > domingos, 16h00
Sessões para escolas (mediante marcação prévia):
18 a 27 de Outubro de 2017
quarta a sexta-feira, 11h00 e 15h00
M/12 > 60′
Preços: Normal, 10 €; Estudante, jovem, M/65, profissionais e amadores/as de teatro: 6 €; Entidades protocoladas TCSB: 5 €; Assinaturas TCSB: 50 € (10+1 entradas) ou 30 € (5 entradas); Sessões para escolas, 3€

informações e reservas:
239 718 238 / 966 302 488 / geral@aescoladanoite.pt