Archive for the ‘conferência’ Category

Hoje no TCSB: “Para que pode servir a memória?”, com Eduarda Dionísio

Sábado, Junho 17th, 2017

ed coimbra v2

Eduarda Dionísio vem hoje ao TCSB para falar da intervenção de Mário Dionísio no pós 25 de Abril. “Para que pode servir a memória?” é a pergunta que lança a palestra e o debate que lhe vai seguir.

A iniciativa é da Casa da Achada – Centro Mário Dionísio e a entrada é gratuita. Começa às 18h30. Faça-nos companhia!

PALESTRA
Para que pode servir a memória:
a intervenção de Mário Dionísio no pós-25 de Abril
por Eduarda Dionísio
17 de Junho de 2017
Sábado, 18h30
entrada livre
org. Casa da Achada – Centro Mário Dionísio

Esta semana no TCSB: debate da APBC, os bonecos do Delphim e Filosofia para crianças

Quinta-feira, Fevereiro 23rd, 2017

delphimmiranda

O marionetista e aderecista Delphim Miranda regressa esta semana aos Sábados para a Infância no TCSB com uma oficina de construção de bonecos para pais e filhos, a partir de garrafas de água. No mesmo dia, é inaugurada uma exposição de marionetas suas, que ficará aberta ao público até ao final de Março. A programação do fim-de-semana inclui ainda uma nova sessão do projecto “Filosofia para Crianças” e, já amanhã, um importante seminário organizado pela Agência para a Promoção da Baixa de Coimbra, que abordará as estratégias de apoio social nesta zona da cidade.

 

“Por favor!… Uma água com gás!” é o título da mais recente proposta de Delphim Miranda. O conhecido construtor e manipulador de marionetas, parceiro habitual d’A Escola da Noite nas suas actividades para a infância, vai agora ensinar a construir marionetas de luva reutilizando garrafas de água. A oficina tem a duração de duas horas e visa estimular a imaginação e a expressão plástica das crianças, ao mesmo tempo que sensibiliza miúdos e graúdos para a necessidade e para as potencialidades da reutilização de materiais. Com uma duração de duas horas (entre as 11h00 e as 13h00), a iniciativa destina-se a crianças a partir dos 4 anos, acompanhadas por um ou mais adultos. A inscrição custa 10 Euros (adulto + criança) e pode ser feita pelos contactos habituais do Teatro: 239 718 238 / 966 302 488 / geral@aescoladanoite.pt.
Aproveitando a oportunidade deste regresso de Delphim Miranda e a aproximação do Dia Mundial do Teatro, que se celebra no final de Março, é ainda inaugurada a exposição “A Corte: El-Rei e os seus dignitários (um deles é o Bobo mas eu não sei qual é)”, que reúne uma colecção de marionetas de fio construídas pelo próprio artista.

"Filosofia para Crianças", com Celeste Silva (foto: Pedro Rodrigues)

“Filosofia para Crianças”, com Celeste Silva (foto: Pedro Rodrigues)

FILOSOFIA PARA CRIANÇAS
No mesmo dia, às 15h00, prossegue a oficina “Filosofia para Crianças”, dirigida por Celeste Silva e destinada a crianças entre os 8 e os 12 anos, no âmbito da tese de Mestrado que está a desenvolver na Universidade dos Açores. Com participação gratuita, a iniciativa visa a constituição de uma “comunidade de investigação filosófica”, estimulando o pensamento crítico, a capacidade de argumentação e a disponibilidade para ouvir e dialogar com “o outro” entre os mais novos. O projecto decorre ao longo do presente ano lectivo, ao ritmo de duas sessões mensais, sempre aos Sábados à tarde. Ao mesmo tempo, terá lugar este Sábado a sessão mensal com os pais das crianças, dirigida por Joana Santos.

CartazWeb_SeminarioReabHumana

REABILITAÇÃO HUMANA DA BAIXA DE COIMBRA
Na sexta-feira, dia 24 de Fevereiro, às 19h15, A Escola da Noite acolhe o seminário organizado pela APBC, com o título: “Reabilitação humana do centro histórico de Coimbra: agir para construir um mundo melhor”. De acordo com a própria organização, o objectivo é abordar as “situações difíceis que assolam o Centro Histórico de Coimbra e perceber que acções têm sido levadas a cabo para resolver ou minorar o seu impacto no meio onde acontecem”. O debate contará com a participação de associações de cariz social (Ergue-te, Associação Integrar, Obra de Promoção Social do Distrito de Coimbra, Cáritas Diocesana de Coimbra e AMI) e outras instituições “que poderão estar envolvidas na solução para os problemas que existem na rede humana e social do Centro Histórico da cidade”, como a Segurança Social, o Instituto de Emprego e Formação Profissional e a Câmara Municipal de Coimbra. O programa inclui dois painéis, moderados por Vitor Matos (Presidente da Direcção da APBC) e por João Luis Campos, jornalista do Diário de Coimbra. A entrada é livre.

Coimbra, Teatro da Cerca de São Bernardo
Programação de 20 a 26 de Fevereiro de 2017

SEMINÁRIO
Reabilitação Humana do Centro Histórico de Coimbra – Agir para construir um futuro melhor
com Ergue-te, Associação Integrar, Obra de Promoção Social do Distrito de Coimbra, Caritas Diocesana de Coimbra e Assistência Médica Internacional (AMI)
24 de Fevereiro de 2017
Sexta-feira, 19h15
120′ > participação gratuita
Org. Agência para a Promoção da Baixa de Coimbra

OFICINA DE CONSTRUÇÃO DE BONECOS
Por favor!… Uma água com gás!…
Delphim Miranda
25 de Fevereiro de 2017
Sábado, 11h00
Bar do TCSB > M/4 > 2 horas
Preços: 10,00 € (adulto + criança); 6,00 € (individual)
[Sábados para a infância no TCSB]

OFICINA
Filosofia para crianças
com Celeste Silva
e Joana Santos (sessões com pais)
11 e 25 de Fevereiro de 2017
Sábados, 15h00
8 – 12 anos > 60′
participação gratuita

EXPOSIÇÃO DE MARIONETAS DE FIO
A Corte: El-Rei e os seus dignitários (um deles é o Bobo mas eu não sei qual é)
Delphim Miranda
25 de Fevereiro a 25 de Março de 2017
Foyer do TCSB > entrada gratuita

informações e reservas:
239 718 238 / 966 302 488 / geral@aescoladanoite.pt

Fevereiro no TCSB: a festa dos Birds Are Indie

Quarta-feira, Fevereiro 1st, 2017

O concerto que assinala o sétimo aniversário da banda Birds Are Indie, com muitos convidados especiais, é o principal destaque da programação de Fevereiro do Teatro da Cerca de São Bernardo, em Coimbra. Nos “Sábados para a infância”, as propostas incluem música, dança, contos e marionetas, com o Taleguinho, Leonor Barata, Cláudia Sousa e Delphim Miranda.


03_cartaza3_web

“Seven years of luck [sete anos de sorte]” é o título que Joana Corker, Ricardo Jerónimo e Henrique Toscano – o trio que compõe a banda “Birds Are Indie” – decidiu dar ao concerto que assinala o sétimo aniversário do grupo e que A Escola da Noite tem o prazer de acolher no TCSB, a 18 de Fevereiro. Dizem eles que, “à falta de melhor explicação”, sorte talvez seja mesmo a palavra ideal para resumir o seu percurso: para começar, não queriam ter uma banda, mas “alguns amigos obrigaram-nos”; depois, não imaginavam algum dia tocar ao vivo, mas receberam o primeiro convite, o que levou a concertos por todo o país e por Espanha. “Nada estava nos planos, mas foi acontecendo”, recordam.
Exactamente sete anos depois do dia em que a banda nasceu, “com uma melodia e um assobio”, em 18 de Fevereiro de 2010, os Birds Are Indie organizam uma grande festa, com uma luxuosa lista de convidados especiais: Carlos Mendes (The Twist Connection, Bunnyranch, Tédio Boys), João Rui (a Jigsaw), Jorge Ferreira (Senhor Doutor, Pinto Ferreira, The Guys From The Caravan), Jorri (a Jigsaw), José Rebola (Anaquim, Speeding Bullets), Paula Nozzari (a Jigsaw, The Parkinsons), Pedro Chau (Ghost Hunt, The Parkinsons), Toni Fortuna (d3ö, Mancines, Tédio Boys, é’Mas Foice), Tracy Vandal (Tiguana Bibles, a Jigsaw) e Victor Torpedo (The Parkinsons, Tiguana Bibles, Tédio Boys).
Os bilhetes custam entre 6 e 8 Euros e já podem ser comprados no Teatro ou reservados através dos contactos habituais: 239 718 238 / 966 302 488 / geral@aescoladanoite.pt.

"O Mundo ao Colo", pelo Taleguinho (foto: Mário Pires)

“O Mundo ao Colo”, pelo Taleguinho (foto: Mário Pires)

SÁBADOS PARA INFÂNCIA
“O Mundo ao Colo”, o belo concerto para bebés com músicas de todo o Mundo criado pelo Taleguinho, é a primeira proposta dos Sábados para a Infância no TCSB em Fevereiro. Acontece já no dia 4 de Fevereiro, pelas 11h00. Na semana seguinte, a 11 de Fevereiro, Leonor Barata volta a dançar com pais e filhos (dos 18 meses aos 4 anos) na oficina que tem registado sucessivas lotações esgotadas. No dia 18 de Fevereiro, Cláudia Sousa abre a sua mala dos livros para uma nova sessão de leitura de contos para a infância, em “Flores de Livro”, no Bar do Teatro. Finalmente, a 25 de Fevereiro e já em época de Carnaval, Delphim Miranda ensina os miúdos a construírem bonecos (marionetas de luva) a partir de garrafas de plástico. A oficina “Por favor!… Uma Água com gás!…” começa também às 11h00 e tem a duração de duas horas. Associada a esta iniciativa, o marionetista e cenógrafo inaugura, no foyer do Teatro, a exposição de marionetas de fio “A Corte: El-Rei e os seus dignitários (um deles é o Bobo mas eu não sei qual é)”, que poderá ser vista, gratuitamente, até 25 de Março.
Tendo em conta a lotação limitada destas iniciativas (e o facto de algumas delas estarem já bastante preenchidas), A Escola da Noite recomenda vivamente a reserva de lugares, pelos contactos do Teatro.
Prosseguem igualmente as sessões do projecto “Filosofia para Crianças”, com Celeste Silva. Em Fevereiro, as oficinas terão lugar nos dias 11 e 25, sempre às 15h00. A 6 de Fevereiro, segunda-feira, às 10h30, o Taleguinho apresenta uma sessão especial para escolas e grupos organizados do concerto “Costurar cantigas e histórias”, para o qual é necessário efectuar reserva prévia.

jpg-opp-coimbra

DEBATES E PARTICIPAÇÃO
Dois importantes debates marcam ainda a programação do mês no Teatro da Cerca de São Bernardo.
O primeiro acontece já no dia 9, quinta-feira: trata-se da etapa de Coimbra do projecto Orçamento Participativo Portugal (OPP). Um Orçamento Participativo é “um processo democrático, directo e universal, através do qual as pessoas decidem sobre investimentos públicos em diferentes áreas de governação”. De acordo com a agência responsável pela sua concretização em Portugal à escala nacional, “a implementação do OPP é um compromisso do programa de Governo e tem como objectivo construir em Portugal um projecto de participação cidadã que aproxime as pessoas da política e que promova maior ligação e integração entre territórios através de projetos de âmbito nacional.” Através deste processo, “as pessoas podem decidir como investir 3 milhões de euros nas áreas da cultura, da ciência, da educação e formação de adultos e da agricultura, no continente, e nas áreas da justiça e da administração interna, nas Regiões Autónomas”, acrescentam os responsáveis. Entre Janeiro e Abril deste ano, estão a ser realizados vários “encontros participativos”, abertos à população, em todo o país, para recolha de propostas. A etapa de Coimbra, que se realiza no TCSB, é organizada por investigadores do Centro de Estudos Sociais (CES) da Universidade de Coimbra, em colaboração com o Projeto EMPATIA. O Encontro tem início às 21h00 e é aberto a todos os interessados, sendo no entanto necessário realizar a inscrição através do site do EMPATIA.
A 24 de Fevereiro, pelas 19h15, a Agência para a Promoção da Baixa de Coimbra (APBC) organiza o Seminário “Reabilitação Humana do Centro Histórico de Coimbra – Agir para construir um futuro melhor”, que visa debater “os problemas humanos e sociais do Centro Histórico” da cidade. O evento contará com a participação de instituições de cariz social como a Ergue-te, a Obra de Promoção Social do Distrito de Coimbra, a Associação Integrar, a Cáritas Diocesana de Coimbra e a AMI. Segundo a organização, foram também enviados convites para a Câmara Municipal de Coimbra, a Segurança Social, o IEFP e o Serviço de Psiquiatria do CHUC, aguardando-se a sua confirmação. A participação no seminário é gratuita.

CLUBE DE LEITURA TEATRAL
O professor universitário e encenador João Maria André é o convidado para dirigir a sessão de Fevereiro do Clube de Leitura Teatral, iniciativa conjunta do TAGV e d’A Escola da Noite que visa estimular o gosto pela leitura de textos dramáticos. Os trabalhos incidirão sobre a obra “Os homens e as suas sombras”, de Alfonso Sastre, que o próprio João André, com José Oliveira Barata, traduziram para português. Estão previstas duas sessões preparatórias, com início já esta semana. A leitura pública terá lugar, como habitualmente, na primeira terça-feira do mês: 7 de Fevereiro, pelas 18h30, no TCSB, com entrada gratuita. Os interessados em participar como leitores devem inscrever-se através do e-mail clube.leitura.teatral@gmail.com.

COIMBRA, TEATRO DA CERCA DE SÃO BERNARDO
PROGRAMAÇÃO DO FEVEREIRO DE 2017

MÚSICA
O Mundo ao colo
Taleguinho
4 de Fevereiro de 2017
Sábado, 11h00 – ESGOTADO
Bebés e crianças até aos 4 anos > 40′
Preços: adulto + criança: 8 Euros / bilhete individual: 5 Euros
[Sábados para a infância no TCSB]

MÚSICA
Costurar cantigas e histórias
Taleguinho
6 de Fevereiro de 2017
Segunda-feira, 10h30
M/3 > 60′
[Sessão para jardins de infância, escolas e grupos organizados, mediante reserva prévia]
Preço: 3 Euros

LEITURA
Os homens e as suas sombras, de Alfonso Sastre
dir. João Maria André
pelo Clube de Leitura Teatral – Coimbra
7 de Fevereiro de 2017
Terça-feira, 18h30
60′ > entrada gratuita

ENCONTRO
Orçamento Participativo Portugal
9 de Fevereiro de 2017
Quinta-feira, 21h00
120′ > participação gratuita, com inscrição obrigatória em https://oppcoimbra.empatia-project.eu
org. OPP, com o apoio do CES/UC

DANÇA | OFICINA
Dança para pais e filhos
Leonor Barata
11 de Fevereiro de 2017
Sábado, 11h00 – ESGOTADO
adultos + crianças dos 18 meses aos 4 anos > 60′
preço: 10,00 € (adulto+criança)
[Sábados para a infância no TCSB]

OFICINA
Filosofia para crianças
com Celeste Silva
e Joana Santos (sessões com pais)
11 e 25 de Fevereiro de 2017
Sábados, 15h00
8 – 12 anos > 60′
participação gratuita

LEITURA DE CONTOS PARA A INFÂNCIA
Flores de Livro
Cláudia Sousa
18 de Fevereiro de 2017
Sábado, 11h00
Bar do TCSB > M/2 > 50′
Preços: 3,00 € (individual); 5,00€ (criança + acompanhante)
[Sábados para a infância no TCSB]

MÚSICA
Seven years of luck
Birds Are Indie
18 de Fevereiro de 2017
Sábado, 21h30 – ESGOTADO
M/6 > 90′
Preços: 8,00 € (normal); 6,00 € (estudantes, jovens, M/65 anos)

SEMINÁRIO
Reabilitação Humana do Centro Histórico de Coimbra – Agir para construir um futuro melhor
com Ergue-te, Associação Integrar, Obra de Promoção Social do Distrito de Coimbra, Caritas Diocesana de Coimbra e Assistência Médica Internacional (AMI)
24 de Fevereiro de 2017
Sexta-feira, 19h15
90′ > participação gratuita
Org. Agência para a Promoção da Baixa de Coimbra

OFICINA DE CONSTRUÇÃO DE BONECOS
Por favor!… Uma água com gás!…
Delphim Miranda
25 de Fevereiro de 2017
Sábado, 11h00
Bar do TCSB > M/4 > 2 horas
Preços: 10,00 € (adulto + criança); 6,00 € (individual)
[Sábados para a infância no TCSB]

EXPOSIÇÃO DE MARIONETAS DE FIO
A Corte: El-Rei e os seus dignitários (um deles é o Bobo mas eu não sei qual é)
Delphim Miranda
25 de Fevereiro a 25 de Março de 2017
Foyer do TCSB > entrada gratuita

informações e reservas:
239 718 238 / 966 302 488 / geral@aescoladanoite.pt

José Bernardes na conferência de Coimbra: “Gil Vicente não quis ser um julgador”

Sexta-feira, Novembro 18th, 2016
José Bernardes na conferência "Gil Vicente no seu tempo e no nosso tempo" - Sala de São Pedro da Biblioteca-Geral da Universidade de Coimbra, 17/11/2016 (foto: Eduardo Pinto)

José Bernardes na conferência “Gil Vicente no seu tempo e no nosso tempo” – Sala de São Pedro da Biblioteca-Geral da Universidade de Coimbra, 17/11/2016 (foto: Eduardo Pinto)

José Augusto Cardoso Bernardes, professor da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, aprofundou ontem o trabalho de divulgação pública da obra vicentina, na conferência “Gil Vicente no seu tempo e no nosso tempo”, organizada pel’A Escola da Noite e pelo Cendrev a propósito da temporada do espectáculo “Embarcação do Inferno”. Realizada ao final da tarde na Biblioteca-Geral da Universidade de Coimbra, a sessão foi uma das iniciativas do “Dia do Professor”, cujo programa se prolongou pela noite, no Teatro da Cerca de São Bernardo.

Falando para uma audiência de mais de meia centena de pessoas que quase encheu a Sala de São Pedro da Biblioteca-Geral, Bernardes começou por lembrar que Gil Vicente escreveu “para o seu tempo”, alertando para os perigos de se encarar os seus textos como se eles tivessem sido escritos hoje, sem uma adequada reflexão sobre o contexto histórico em que foram criados. Ainda assim, aquele que é um dos mais reputados especialistas na obra vicentina reconhece que peças como o “Auto da Barca do Inferno” continuam a interpelar-nos, 500 anos depois da sua primeira apresentação. Debruçando-se sobre cada uma das personagens da peça, mostrou como alguns dos temas que foram alvo da sátira vicentina continuam hoje na ordem do dia, embora necessariamente de formas diferentes. Dentro daquilo a que hoje chamamos direitos humanos (conceito estranho ao século XVI), demonstrou, a título de exemplo, que temas tão actuais como “o tráfico humano” ou “a intolerância religiosa” são abordados na mais conhecida peça de Vicente.

Conferência "Gil Vicente no seu tempo e no nosso tempo" - Sala de São Pedro da Biblioteca-Geral da Universidade de Coimbra, 17/11/2016 (foto: Eduardo Pinto)

Conferência “Gil Vicente no seu tempo e no nosso tempo” – Sala de São Pedro da Biblioteca-Geral da Universidade de Coimbra, 17/11/2016 (foto: Eduardo Pinto)

Já na fase do debate, respondendo a perguntas da assistência sobre as supostas intenções de Gil Vicente, José Bernardes afirmou que o dramaturgo não terá querido “ser um julgador” nem “um teólogo”. Pretendia, isso sim, “denunciar as práticas que se afastavam da moral [oficialmente] vigente”.

Um autor que expõe contradições
António Augusto Barros, director artístico d’A Escola da Noite e co-encenador do espectáculo, haveria de retomar o tema à noite, numa conversa com o público após o espectáculo, já no Teatro da Cerca de São Bernardo. Reconhecendo que Gil Vicente trabalhava dentro de “certos limites”, impostos pela organização social e política do seu tempo, afirmou que o autor “soube expôr como ninguém as contradições da sua época”. É à luz dessa visão, por exemplo, que interpreta o tratamento dado na peça ao Judeu (escorraçado até da Barca do Inferno), ao frade dominicano ou aos quatro cavaleiros que, mortos nas Cruzadas, vêem garantidos os seus lugares no Paraíso, perante a perplexidade do Diabo.

“Embarcação do Inferno”: conversa após o espectáculo com a equipa artística, António Morais (SPRC) e João Janicas (Nova Ágora – CFAE) – Coimbra, TCSB, 17/11/2016 (foto: Eduardo Pinto)

Na conversa que se seguiu ao espectáculo participaram ainda António Morais, dirigente do Sindicato dos Professores da Região Centro, e João Janicas, responsável pelo Centro de Formação de Professores “Nova Ágora”. Elogiando o espectáculo e a abordagem feita pelas duas companhias, Morais lamentou a crescente perda de peso das artes e das humanidades nos currículos escolares e lembrou o “potencial transformador do teatro” na vida dos jovens, pela sua capacidade de colocar questões e de estimular o espírito crítico dos alunos. João Janicas, que para além de professor é também actor da companhia Bonifrates, referiu-se às iniciativas para o público escolar associadas à temporada de “Embarcação do Inferno” destacando a importância destes “momentos de encontro e de comunicação entre as duas linguagens – escolar e artística”.

Temporada prossegue até 4 de Dezembro
“Embarcação do Inferno” é uma co-produção entre A Escola da Noite – Grupo de Teatro de Coimbra e o Centro Dramático de Évora, com encenação de António Augusto Barros e de José Russo. Estreou em Évora no passado mês de Outubro e está actualmente em cena em Coimbra, no Teatro da Cerca de São Bernardo. A temporada prolonga-se até 4 de Dezembro e inclui sessões para o público em geral (quinta a domingo) e sessões especiais para escolas (quarta a sexta-feira, em horário diurno), para as quais ainda há algumas vagas disponíveis. Na próxima semana (24 a 26 de Novembro) terá lugar uma oficina para professores, dirigida pelos encenadores do espectáculo, que visa precisamente aprofundar o trabalho de diálogo entre estruturas de criação artística e profissionais da educação no que respeita ao ensino do teatro e, em particular, da obra vicentina.
As reservas e as inscrições podem ser feitas pelos contactos habituais do TCSB: 239 718 238 / 966 302 488 / geral@aescoladanoite.pt.

TEATRO
Embarcação do Inferno
de Gil Vicente
A Escola da Noite / Cendrev
10 de Novembro a 4 de Dezembro de 2016
quinta a sábado, 21h30 > domingos, 16h00
M/12 > 60′ > 6 a 10 Euros
Sessões para escolas: 16/11 a 2/12, quarta a sexta-feira, 11h00 e 15h00

OFICINA
Embarcação do Inferno – oficina para professores/as
A Escola da Noite / Cendrev
dir. António Augusto Barros / José Russo
24 a 26 de Novembro de 2016
quinta e sexta-feira, 18h – 20h30 > sábado, 15h-20h00
10 horas > 30 Euros
[programação associada à temporada em Coimbra do espectáculo “Embarcação do Inferno”]

informações e inscrições:
239 718 238 / 966 302 488 / geral@aescoladanoite.pt

Conferência sobre Gil Vicente em Coimbra

Sexta-feira, Novembro 18th, 2016
Diário As Beiras, 18/11/2016

Diário As Beiras, 18/11/2016

[Recortes de Imprensa]

[Embarcação do Inferno]